EnglishPortugueseSpanish

Elon Musk já afirmou que a missão da sua vida é levar a humanidade a Marte. Agora, o empresário declarou que a primeira missão rumo ao planeta vizinho pode ser lançada apenas em 2024. “Acho que temos uma chance de aproveitar a segunda janela de transferência para Marte”, afirmou o CEO da SpaceX.

A janela a qual Musk se refere é a que surge a cada 26 meses. Nesse período, os planetas se aproximam e as agências se aproveitam para lançar suas missões. Na última, em julho deste ano, três países enviaram equipamentos rumo a Marte. A próxima acontece em 2022 e a seguinte, em 2024.

publicidade

ReproduçãoElon Musk quer lançar espaçonave rumo a Marte em 2024. Foto: Kathy Hutchins/Shutterstock

Para chegar ao Planeta Vermelho, a SpaceX está desenvolvendo sua própria espaçonave, a Starship. A empresa está trabalhando em suas instalações no Texas, criando uma combinação de foguete e nave espacial reutilizável. O modelo ainda deve ser usado para ir à Lua e em viagens turísticas rumo a órbita terrestre.

“Minha esperança pessoal é vermos a Starship na estratosfera do fim deste ano, e se Elon estiver certo, alcance a órbita no próximo ano ou no ano seguinte”, afirmou Robert Zubrin, da Mars Society. “E então teremos a Nasa buscando financiar as peças restantes do quebra-cabeça ou empreendedores avançando para desenvolver as peças restantes”, acrescentou.

ReproduçãoPróximo protótipo da Starship a voar deve ser o SN8, com planos para atingir 20 quilômetros de altura. Foto: Nasa/SpaceX

De forma bastante ousada, como é de costume, Musk afirmou que, se não fosse a mecânica orbital que pede os lançamentos a cada 26 meses, “talvez tivesse uma chance de enviar ou tentar enviar algo a Marte em três anos”. Se a projeção de Musk estiver correta, a primeira missão da SpaceX para Marte seria lançada no mesmo ano em que a Nasa pretende retornar à Lua. Para 2023, a empresa ainda pretende colocar uma nave ao redor do satélite natural para, no futuro, trabalhar com o turismo espacial.

Os planos da Starship foram revelados em 2016. A espaçonave possui 50 metros de comprimento e deve ser usada para missões no espaço profundo. Este ano, a SpaceX realizou o teste de dois protótipos, o SN5 e o SN6. Ambos atingiram uma altitude de 150 metros. O próximo passo será com o SN8, que deve voar até 20 quilômetros de altura em um futuro ainda sem data definida.

Via: Space