Enquanto a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) adiou a aprovação do leilão de 5G no Brasil, um comparativo feito pela Ookla indica que Seul, capital da Coreia do Sul, e Dubai, no Oriente Médio, lideram em velocidade de conexão 5G em estudo com 15 metrópoles.

Em Seul, um usuário comum pode conseguir 472,2 Mbps em downloads e 49,09 Mbps em upload, em velocidades médias. A operadora com rede 5G mais eficiente no país é a LG U+: ela fornece downloads de 625,03 Mbps, mais de 150 Mbps acima da média observada pela Ookla no país.

publicidade
Telecommunication tower of 4G and 5G cellular.
Torre de telecomunicação de redes 4G e 5G em Seul, na Coreia do Sul. Imagem: Ki young/Shutterstock

Em Dubai, foram observadas velocidades 5G mais baixas. A média para downloads é de 338,53 Mbps e, para uploads, de 28,47 Mbps. Isso é praticamente a metade da velocidade de upload atingida em Seul. Outras localidades completam o ranking dos cinco mais bem colocados:

  • Riad, na Arábia Saudita, fica em terceiro lugar: a média de velocidade de download por lá é 319,25 Mbps;
  • Sidney, na Austrália, está em quarto e apresenta downloads de 298,82 Mbps;
  • Helsinque, na Finlândia, ficou em quinto ao atingir a média de 238,50 Mbps.

Já Nova York, nos EUA, teve velocidade média de download de 97,33 Mbps. Isso deixa a cidade na penúltima posição do ranking, à frente apenas de Singapura. No mercado americano, a operadora com melhor desempenho em redes 5G é a T-Mobile, segundo o levantamento.

Melhores fornecedores da tecnologia

Em infraestrutura, a pesquisa aponta a Huawei como a fabricante de equipamentos com melhor desempenho em redes 5G. A companhia está na frente das concorrentes em 11 das 15 cidades avaliadas.

A Ericsson, responsável pela infraestrutura de redes 5G em Nova York, liderou em três cidades. Em Tóquio, a melhor rede 5G é operada pela NTT Docomo, principal empresa de telefonia do Japão.

O estudo considera apenas os dados referentes ao quarto trimestre do ano passado e todas as medições foram feitas utilizando um único dispositivo, um iPhone 12. O fato de Seul ocupar a primeira posição não surpreendeu os especialistas da Ookla, já que na Coreia do Sul existem mais de 100 mil estações compatíveis com a tecnologia.

Fonte: Mobile Time