EnglishPortugueseSpanish

A Apple atualizou o Apple Maps para que o usuário consiga relatar acidentes, radares e outras intermissões de trânsito pelo aplicativo. O recurso, ao menos por enquanto, está disponível apenas para o iOS 14.5 (em fase beta) e, embora mais enxuto que seus concorrentes, ele traz algumas cartinhas na manga.

O Apple Maps, por ora, reconhece apenas radares de velocidade, interrupções como construções na via ou acidentes. Por meio de um botão na base da tela, o usuário consegue registrar um novo evento e compartilhar com outros usuários do mesmo app – inclusive, a interface também é compatível com o CarPlay.

publicidade
apple maps
Nova versão do Apple Maps permite relatar acidentes, radares e outras interrupções de trânsito, similar ao que já fazem o Waze e Google Maps. Imagem: Apple/Divulgação

Para aqueles mais preocupados com a distração de ter que manusear o celular para relatar um incidente no mapa, o Apple Maps é integrado à assistente virtual Siri. Então, é possível usar comandos de voz como “E aí, Siri, tem alguma coisa na pista” ou “E aí, Siri, tem um radar aqui” e a assistente entenderá, fazendo a devida marcação.

Mais recursos serão adicionados ao Apple Maps

Com a atualização, todos os três principais aplicativos de GPS contam com alguma função de relatos de trânsito vindos do próprio usuário. O Waze popularizou a moda, mas o Google Maps contava com isso em desenvolvimento desde abril de 2019. A empresa de Cupertino, última a aderir à ideia, também é a que traz menos opções: o Google Maps, por exemplo, consegue especificar diversas interrupções de trânsito, como pistas fechadas, construções ou veículos quebrados.

Ainda não há confirmação se a versão atualizada do Apple Maps chegará na distribuição estável do iOS 14.5. No momento, tanto o app como o sistema operacional do iPhone estão em fase beta. No futuro, a Apple também permitirá que o usuário faça o upload de imagens para complementar seus relatos de trânsito.

Via: MacRumors

publicidade