O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, anunciou nesta quinta-feira (18) a antecipação de feriados municipais como medida de combate à Covid-19 na capital. Todo o estado já está na fase emergencial, a mais restritiva, do Plano São Paulo.

Cinco feriados municipais terão sua antecipação partir do dia 26 de março em São Paulo, além de uma mudança no horário de funcionamento do rodízio de carros.

publicidade

Os feriados de Corpus Christi de 2021 e 2022, da Consciência Negra de 2021 e 2022 e do aniversário da cidade de 2022 serão antecipados como medidas parar combater a covid-19. A intenção é reduzir a circulação de pessoas nas próximas semanas, em que a previsão de que a alta nos casos deve se manter.

Leia mais:

“Vamos fazer a antecipação dos dois feriados municipais que temos esse ano e os três municipais que temos em 2022 para que a gente possa reduzir a circulação de pessoas em São Paulo. Esses cinco feriados serão antecipados para os dias 26, 29, 30, 31 e dia 1°, juntando, inclusive, com o feriado nacional, que nós temos na sexta-feira (2). Portanto, nós teremos um prazo que vai de sexta-feira, dia 26, até dia 4 de abril, domingo, sem dia útil, para poder exatamente forçar a cidade a parar”, declarou Covas.

Todos os feriados foram antecipados para o final deste mês e o começo do próximo, nos dias: 26/03, 29/03, 30/03, 31/03 e 1°/04

O horário do rodízio nas próximas duas semanas vai mudar. Entre 7h e 10h e 17h e 20h, está liberada normalmente a circulação. O rodízio passa a vigorar entre às 20h e às 5h, horário do toque de recolher.

Segundo Covas, atualmente a cidade tem 475 pessoas aguardando vagas na cidade de São Paulo, com 88% dos leitos ocupados. O prefeito ainda anunciou a criação de 640 leitos para covid na capital.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!