EnglishPortugueseSpanish

 

Rumores apontam que a Motorola está trabalhando em um novo membro para sua linha de celulares Moto G. Conhecido sob o codinome “Ibiza”, o smartphone deve chegar ao varejo como Moto G50. Sua proposta é ocupar a posição de celular Android mais acessível da marca compatível com tecnologia 5G.

Imagem: TechnikNews/Reprodução

Reforçando o possível lançamento do aparelho, o suposto Moto G50 foi identificado em documentos do órgão regulador de telecomunicações chinês Tenaa, que revelaram parte da sua ficha técnica e algumas fotos do dispositivo.

publicidade

Detalhes sobre o Moto G50

O código referente ao modelo, de acordo com o vazamento, será XT2137. Os documentos revelam que o telefone mede 164,95 x 74,93 x 8,95 mm, sai de fábrica com Android 11 e possui um pequeno recorte em forma de gota no topo da tela, que abriga seu sensor de câmera frontal de 13 MP. As imagens indicam que o aparelho tem na sua lateral esquerda o controle de volume próximo ao botão liga/desliga. Outro botão será dedicado para acessar o assistente de voz.

Já o XT2137-2, a possível variante chinesa do aparelho, deve vir com 4 GB de memória RAM, 128 GB de armazenamento interno e uma bateria de 5.000 mAh. O que ainda não foi revelado é se o modelo oferece suporte para carregamento rápido, visto que seu adaptador de energia incluso na caixa é de apenas 10 watts.

Moto G50 aparece em imagens da TENAA. Imagem: TENAA/Reprodução

Na parte traseira, o Moto G50 possui um conjunto de câmera tripla, composto por: um sensor principal de 48 MP, uma lente macro de 5 MP e, por fim, um sensor dedicado para fotos em profundidade de 2 MP. Sua tela oferece suporte para taxa de atualização de 90 Hz, algo cada vez mais comum nos celulares Android. O tradicional logo da fabricante, presente na traseira do gadget, deve trazer um leitor biométrico.

Por enquanto, a fabricante ainda não revelou a possível data de lançamento e o preço final do aparelho. O Moto G50, modelo XT2137 com chip Snapdragon 480, deve chegar às prateleiras na Europa e na Índia com preço final de 229 euros (cerca de R$ 1.500).

Via: Playfuldroid, TechnikNews