EnglishPortugueseSpanish

Como esperado, a Lenovo anunciou nesta quinta-feira (8) o Lenovo Legion Phone Duel 2, um smartphone que coloca os games em primeiro lugar. Além do processador mais poderoso no mercado, o aparelho também tem outros recursos para tornar a experiência de jogo melhor, como um avançado sistema de refrigeração, controles sensíveis ao toque e bateria de alta capacidade com carregamento rápido.

O coração do Lenovo Legion Phone Duel 2 é o poderoso Qualcomm Snapdragon 888, acompanhado por 12, 16 ou 18 GB de RAM e 256 ou 512 GB de memória interna.

publicidade

Ele é resfriado por dois ventiladores ativos, conectados a “heatpipes” de cobre e superfícies de grafite, para que o calor seja transferido e dissipado mais rapidamente. O objetivo é manter o processador “frio” mesmo durante o uso mais intenso, evitando que ele tenha que reduzir sua frequência (e seu desempenho) para evitar superaquecimento. 

Sistema de refrigeração do Lenovo Legion Phone Duel 2. Cobre e grafite ajudam a manter o processador Snapdragon 888 “frio”. Imagem: Lenovo.

O design, certamente, é incomum: o aparelho foi feito para ser usado “deitado” (no modo paisagem), o que fica evidente considerando a posição de uma “plataforma” centralizada na traseira, que além do sistema de refrigeração e LEDs RGB iluminando a logo da marca, também abriga duas câmeras: uma principal com sensor de 64 MP e uma secundária de 16 MP. 

Leia mais:

A câmera frontal, de 44 MP, fica no que seria a “lateral direita” do aparelho quando segurado como um smartphone, ou “topo” quando usado como console. Assim, o jogador pode gravar e transmitir suas reações enquanto joga sem medo de obstruí-la com as mãos.

Smartphone com “joystick”

Segundo a fabricante há recursos baseados em IA como remoção de fundo e avatares animados, e quatro microfones com cancelamento de ruído permitem a gravação mesmo nos locais mais barulhentos.

Áreas sensíveis ao toue (em azul) no Lenovo Legion Phone Duel 2. Imagem: Lenovo

Um console não é nada sem bons controles, e a Lenovo prestou especial atenção a esse ponto: são nada menos que oito “botões” sensíveis ao toque espalhados pelo aparelho: quatro nos cantos superior esquerdo e direito, funcionando como gatilhos L1, L2, R1 e R2; dois na traseira, ao lado da plataforma com o sistema de refrigeração; e dois pontos sensíveis à pressão na tela.

Além disso, um sistema de vibração com motores lineares em dois eixos, batizado pela Lenovo de Dual HaptiX, oferece melhor feedback sobre os toques e ações no jogo. A tela AMOLED de 6,92 polegadas tem resolução de 2460 x 1080 pixels, com atualização a 144 Hz. Já o painel de toque é atualizado a 720 Hz, para reduzir o atraso entre um gesto do jogador e a reação da personagem na tela. 

Bateria potente para jogar

O Lenovo Legion Phone Duel 2 tem duas baterias de 2750 mAh, que juntas tem capacidade de 5500 mAh e podem ser recarregadas completamente em apenas 30 minutos usando um carregador de 90 watts. 

As duas baterias de 2750 mAh (destacadas em azul) têm capacidade combinada de 5.500 mAh, e podem ser recarregadas em apenas 30 minutos. Imagem: Lenovo

O smartphone estará disponível nas cores Ultimate Black e Titanium White. Na China, onde será chamado Lenovo Legion Phone 2 Pro, ele chega às lojas já no mês de abril, e desembarca em “mercados selecionados” em outras regiões da Ásia e na Europa em maio. Um lançamento nos EUA ainda não foi decidido, e não há informações sobre o Brasil. 

Na Europa, o Lenovo Legion Phone Duel 2 custará a partir de € 799 (cerca de R$ 5.300), na configuração com 12 GB de RAM e 256 GB de memória interna. Quem preferir o modelo com 16 GB de RAM e 512 GB de memória interna e dock para carregamento irá pagar € 999, aproximadamente R$ 6.600.

Fonte: Lenovo