EnglishPortugueseSpanish

A fintech Cora, especializada em pequenas e médias empresas (PMEs), recebeu um novo aporte, de US$ 26,7 milhões (R$ 150 milhões na conversão direta), em rodada liderada pelo fundo americano Ribbit Capital, com participação da Kaszek Ventures, QED Investors e Greenoaks Capital. O valor soma-se ao aporte de US$ 10 milhões, recebido em 2019, liderado pela Kaszek.

Dentre os planos da startup para esta etapa do negócio está a contratação de profissionais de ponta. Com atuais 100 colaboradores, a Cora anuncia a abertura de mais de 120 vagas até o fim do ano. 

publicidade

“Estamos dando início à transformação dos serviços financeiros para pequenos negócios no país. Foi exatamente por esse motivo que os fundos se voltaram para a Cora”, comenta Igor Senra, presidente e cofundador da fintech.

Equipe de colaboradores da fintech Cora. Foto: Divulgação/Cora

As novas oportunidades abrangem todas as áreas da empresa, com destaque para as de tecnologia, marketing e customer experience – sendo essa última um dos principais focos de contratação. Isso porque, segundo a empresa, o desenvolvimento tecnológico da Cora é guiado pelos feedbacks dos clientes, que apontam suas reais necessidades. 

Todos os colaboradores da Cora são contratados em regime CLT e recebem benefícios como licença maternidade e paternidade estendidas para 6 meses e 3 meses, respectivamente, acesso ao Zenclub (plataforma de apoio psicológico), Gympass, férias flexíveis, entre outros. 

Para mais informações sobre as vagas, acesse este link.

Leia mais:

Fintechs do Brasil em alta

As fintechs – startups de serviços financeiros – continuam a crescer e a atrair investimentos. No Brasil, não é diferente. Nos primeiros meses de 2021, foram investidos mais de US$ 500 milhões (ou R$ 2,8 bilhão na cotação atual) nas fintechs do país. Até agora, já foram realizados 11 investimentos em startups do tipo.

Para se ter dimensão, o valor já representa 25% do total aplicado em startups do setor financeiro em 2020, um recorde para o período. Os números são do relatório mensal do Distrito Dataminer, braço de inteligência de mercado da empresa de inovação aberta Distrito.