EnglishPortugueseSpanish

comunidade de espiões dos Estados Unidos emitiu um alerta de que a China está construindo armas espaciais e tomando medidas para tornar o espaço um local mais bélico. Hoje, os americanos vêm os asiáticos como a maior ameaça à sua soberania na órbita da Terra.

O novo relatório foi batizado de Avaliação de Risco Global e divulgado na semana passada pelo Escritório do Diretor de Inteligência Nacional (ODNI). No documento, é detalhado um aumento na atividade militar e comercial chinesa no entorno do nosso planeta.

publicidade

Leia também: 

Um dos maiores temores de analistas americanos do setor de defesa é a capacidade crescente dos chineses de disparar satélites do céu com mísseis ou desativá-los com uso de lasers. Caso as informações da inteligência americana se confirmem, isso acende um sinal amarelo nos militares americanos e coloca os chineses como uma ameaça concreta em eventuais conflitos futuros.

Liderança ameaçada

Xi Jinping e Vladimir Putin
China e Rússia firmaram um acordo para construção de uma estação espacial. Crédito: Plavevski / Shutterstock.com

Apesar da questão do armamento do espaço seja preocupante para os Estados Unidos, o que o relatório destaca é que a China está focada em tirar dos americanos a liderança global em operações espaciais, pesquisas, e outras questões relacionadas à órbita da Terra.

“Acho que não há dúvida, de modo geral, de que a China está focada em alcançar a liderança no espaço”, declarou a diretora da ODNI, Avril Haines, a legisladores dos EUA. “Na verdade, em comparação com os Estados Unidos e tem trabalhado duro em uma variedade de esforços diferentes nesta área para tentar contestar o que se presume nossa liderança”, completou Haines.

Recentemente, a China anunciou uma parceria com a Agência Espacial Russa, a Roscosmos, que é atualmente uma das maiores parceiras da Nasa, para a construção de uma nova estação de pesquisa na Lua para competir com a Estação Espacial Internacional.

Com informações do Futurism e Defense News

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!