EnglishPortugueseSpanish

De acordo com o jornal Clarín, o Google perdeu o registro de seu domínio na Argentina. Pelo menos, por algumas horas. Na noite desta quarta-feira (21), o site ficou fora do ar, e o problema durou até a manhã de quinta-feira (22). Tudo porque, ao acessar o Nic Argentina, o jovem Nícolas David Kuroña percebeu que o endereço estaria disponível e o comprou. O Nic Argentina é a instituição responsável pelo registro de endereços de sites no país.

“O site não pode ser acessado”, informava o aviso de erro no endereço da Google na Argentina. Imagem de captura de tela

Por essa razão, o Google permaneceu fora do ar no país até que a situação fosse resolvida. Enquanto isso, dados do Nic Argentina mostravam que o link havia mudado de dono e estava cadastrado no nome de Kuroña.

publicidade
Nícolas David Kuroña, comprador do google.com.ar, afirmou em suas redes sociais que e domínio estava disponível, e que o comprou legalmente. Transação teria custado menos de R$16,00. Imagem: Captura de tela Twitter

Nas redes sociais, diante de uma enxurrada de questionamentos sobre o acontecido, o jovem alegou que conseguiu comprar a URL do Google Argentina porque “o domínio tinha expirado”. Segundo Nícolas, a compra foi feita de maneira totalmente legal. Entretanto, o grupo Open Data Córdoba, dedicado ao monitoramento de domínios no país, indicou que o endereço “google.com.ar” não expirou, apenas mudou de mãos: primeiro do Google para Kuroña e, depois, de volta para o Google.

Leia mais:

Domínio teria custado apenas R$16,00

Consultado pelo site TyC Sports, o rapaz, que trabalhava até o fim de 2020 na área de tecnologia e telecomunicações da Datco Soluciones, afirmou que pagou apenas 270 pesos (cerca de R$16,00) pelo registro. Os domínios que terminam em .ar expiram uma vez por ano e são perdidos se não forem renovados.

O endereço do Nic Argentina também ficou fora do ar nesta quinta-feira. Quando os serviços voltaram a funcionar, a busca pelo domínio “google.com.ar” apontava que a propriedade da gigante da tecnologia tem data de expiração em 1º de novembro de 2021.

Em comunicado à imprensa local, o Google se limitou a informar que o acesso ao site foi estabilizado, mas não deu maiores detalhes. “O problema que afetava o acesso ao ‘google.com.ar’ foi resolvido. Lamentamos os inconvenientes que essa situação possa ter gerado e estamos investigando as causas”, disse um porta-voz da empresa.

Fonte: Clarín

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!