O Nubank informou nesta terça-feira (4) que recebeu o aval do Banco Central (BC) para a compra da Easynvest, uma das maiores plataformas de investimento no Brasil.

A autorização do Banco Central era o último passo que a startup precisava para a conclusão da compra, que já havia recebido sinal verde em outubro de 2020 da Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

publicidade

Com a compra, o Nubank se torna cada vez mais ativo na disputa pelo mercado de investimento e, agora, tem o desafio de transformar seus 40 milhões de clientes em investidores.

Atualmente, o banco digital oferece diferentes opções de investimentos, como os que rendem 100% do CDI (sigla para Certificados de Depósitos Interbancários) e o RDB (sigla para Recibos de Depósito Bancário, um tipo de investimento em renda fixa). Este último, a instituição também trabalha com a proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

BC autoriza compra da Easynvest pelo Nubank. Imagem: Shutterstock
BC autoriza compra da Easynvest pelo Nubank. Imagem: Shutterstock

Leia mais!

Em comunicado, o Nubank diz que a compra da corretora reforça a missão da empresa de “descomplicar o acesso das pessoas ao mundo das finanças”.

Além disso, segundo a empresa, por ora ambas continuarão operando de forma separadas, mas que estão planejando os próximos passos para a integração.

A aquisição permitirá ao Nubank dar mais alguns passos dentro da sua estratégia de se tornar uma plataforma financeira completa. No final abril, a empresa também havia anunciado uma “experiência de investimentos” dentro do app, que será liberada aos poucos para clientes e possui três opções de fundos com investimentos a partir de R$ 1.

Para quem é cliente das duas empresas e possui os aplicativos, pode seguir usando sem alterações. Porém, quem desejar ir mais além no segmento dos investimentos e ainda não for cliente da Easynvest, precisará abrir uma conta no app da empresa.

Atualmente, a Easynvest tem mais de R$ 20 bilhões de ativos sob custódia e 1,5 milhão de clientes. Ela foi uma das primeiras empresas a oferecer acesso online à bolsa no Brasil e acesso a investimentos em renda fixa pelo aplicativo.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!