O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, concedeu na última terça-feira (11) a aprovação final para o “Vineyard Wind”, o primeiro grande parque eólico do país. As turbinas foram instaladas na costa noroeste do estado de Massachusetts

O parque eólico contará com nada menos que 84 turbinas instaladas a 24 quilômetros da costa de Martha’s Vineyard, uma ilha no condado de Dukes. Segundo o The New York Times, após estar pronta, a fazenda deve produzir 800 megawatts de energia limpa. Com isso, a administração de Joe Biden dá um importante primeiro passo para cumprir suas metas para o clima e energia. 

publicidade

Biden disse anteriormente que deseja que o país produza 30 gigawatts (30.000 megawatts) de energia elétrica até o ano de 2030. O parque elétrico de Vineyard Wind cobre apenas pouco mais de 2,5% desse número. Contudo, por ser a primeira nessa escala, ela deve pavimentar o caminho para outras iniciativas do tipo.

Leia mais:

publicidade

“Um futuro de energia limpa está ao nosso alcance nos Estados Unidos”, disse a secretária do Interior, Deb Halland, em um comunicado à imprensa. “A aprovação deste projeto é um passo importante para o avanço das metas do governo de criar empregos sindicais bem remunerados e, ao mesmo tempo, combater a mudança climática e fortalecer nossa nação”, completou ela. 

Ponte para o futuro

Com a luz verde dada para o Parque de Vineyard Wind, alguns especialistas em energia limpa acreditam que novos parques eólicos podem estar a caminho, principalmente na costa leste do país. Caso todos os projetos do tipo sejam aprovados, estima-se que haja pelo menos 2.000 turbinas eólicas operando por lá até o ano de 2030. 

publicidade

“O anúncio do projeto eólico de hoje demonstra que podemos combater a crise climática, ao mesmo tempo em que criamos empregos com altos salários e fortalecemos nossa competitividade no país e no exterior”, disse a secretária de Comércio, Gina Raimondo ao NYT

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!