A gigante das buscas Chinesa, Baidu, viu um faturamento recorde no primeiro trimestre de 2021. A receita foi considerada acima do esperado pela empresa e foi motivado por serviços de nuvem e inteligência artificial.

Para sobreviver com o aumento da concorrência, inclusive de outras empresas locais como o Alibaba e a ByteDance, o Baidu investiu em outros setores e agora está vendo resultados positivos disso. Houve um aumento na receita total da companhia de 25%, indo para 28,13 bilhões de iuanes (4,38 bilhões de dólares) nos primeiros três meses do ano.

publicidade

Baidu com faturamento acima do esperado

A expectativa de analistas do mercado financeiro era para um faturamento de até 27,25 bilhões de iuanes, segundo dados IBES da Refinitiv. A receita com publicidade também aumentou em cerca de 27% e chegou a 16,3 bilhões de iuanes.

Já o app do Baidu teve 558 milhões de usuário ativos mensais em março. No total, o lucro da empresa foi de 12,38 iuanes por American Depositary Shares (ADS). Wall Street esperava algo na faixa de 10,75 Nunes por ADS. Os ADS são certificados de ações, emitidos por bancos dos Estados Unidos.

Leia mais:

A gigante também está investindo em carros autônomos. Autoridades municipais de transporte de Pequim concederam ao Baidu uma permissão para a realização de testes de carros sem motorista nas vias públicas da capital no começo do ano. Para conseguir a permissão, a empresa teve que cumprir alguns requisitos – entre eles, completar mais de 30 mil km de testes com os carros sem motoristas em estradas abertas.

Cinco robotáxis modelo Baidu Apollo serão testados nas vias públicas, com um operador de segurança remoto capaz de assumir o controle em uma emergência. Na semana passada, a concorrente AutoX (que tem o apoio do grupo Alibaba) começou a testar uma frota de 25 robotáxis sem pilotos em Shenzhen.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!