A nova, e polêmica, política de privacidade do WhatsApp está rendendo problemas para a plataforma não só nos tribunais. Desde o anúncio dos termos, dois dos principais rivais do mensageiros, Signal e Telegram, viram seus números de downloads dispararam. Enquanto isso, o app de Mark Zuckerberg teve uma queda de novos usuários.

De acordo com o site de monitoramento SensorTower divulgados na quinta-feira (13), o Telegram teve um aumento de mais de 98% no número de downloads, enquanto isso, o Signal viu os números saltarem mais de 1.192% nos primeiros quatro meses do ano. Já o WhatsApp viu uma queda de 43% em comparação com o mesmo período do ano passado.

publicidade

É importante ressaltar que, tanto o Signal, quanto o Telegram, possuem entre seus principais destaques, a privacidade dos usuários, ponto mais criticado dos novos termos de uso do WhatsApp que compartilha dados com o Facebook.

Signal e Telegram X WhatsApp

Em janeiro de 2021, quando a política foi anunciada, o Telegram chegou a 63,5 milhões de Downloads, um aumento de 283% em comparação o ano passado. Após o período, os novos usuários começaram a cair mês a mês.

Leia mais: 

O mesmo não ocorreu com o Signal, que se tornou conhecido do grande público justamente entre o fim do ano passado e o começo desse. Após um aumento absurdo de mais de 5.000% em janeiro, o ritmo do aumento diminuiu, mais continuou alto, com mais que o dobro de novos usuários em abril de 2021 quando comparado a abril de 2021.

Ainda é relevante destacar que, apesar da queda de 43%, em números totais de downloads o WhatsApp ainda supera com folga os rivais. O app foi baixado 172,3 milhões de vezes entre janeiro a abril.

A nova política de privacidade diz respeito ao compartilhamento de dados do mensageiro com o Facebook. O prazo para aceitar acabou no último sábado (15), mas a plataforma fez um acordo no Brasil para não limitar os recursos de quem se recusar aceitar por um período de 90 dias.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!