O mercado que se preparem, pois o blockchain promete vir com tudo nos próximos anos. De acordo com um novo levantamento feito pela International Data Corporation (IDC), estima-se que companhias de todo o mundo invistam quase US$ 6,6 bilhões na tecnologia neste ano e US$ 19 bilhões em 2024 — o que representaria um crescimento de 48% ano a ano.

O estudo revela que entre 2017 e 2019 os gastos globais com soluções de blockchain saltaram de US$ 950 milhões para US$ 2,7 bilhões. No entanto, a pandemia de coronavírus acelerou os investimentos na tecnologia, que chegaram a US$ 4,5 bilhões no ano passado.

publicidade

“A pandemia destacou a necessidade de cadeias de suprimentos, fornecimento de saúde e serviços financeiros mais resilientes e transparentes. Empresas em todo o mundo têm investido em blockchain para fornecer essa resiliência e transparência”, destacou James Wester, diretor de Pesquisa da Worldwide Blockchain Strategies.

Somente neste ano, a estimativa de gastos com o blockchain já apresenta um aumento de 50% em relação ao ano passado. No entanto, daqui três anos, a expectativa é de que a alta chegue a 188%, acumulando US$ 19 bilhões de investimentos na tecnologia em 2024.

Leia mais:

Usos do blockchain

Ainda de acordo com o relatório, que analisa dados dos Estados Unidos, Canadá, Japão, Europa, Oriente Médio, África, América Latina e Ásia, as atividades de pagamentos e liquidações internacionais foram as que reportaram o maior uso do blockchain, respondendo por quase 16% do mercado global da tecnologia neste ano.

Gráfico com o gasto global em blockchain
IDC analisou as principais atividades baseadas em blockchain deste ano. Foto: IDC/Divulgação

Linhagem e proveniência do lote ocuparam a segunda colocação, com 10,7% de participação. Transações comerciais, liquidações de transações e gestão de bens também tiveram uma participação importante nos gastos com o blockchain.

No recorte por setor, o segmento bancário lidera os gastos com o blockchain, com quase 30% de participação global em 2021, mas a expectativa é de que as indústrias de manufaturas e processos também alcancem uma participação considerável dos investimentos.

Já tratando-se de futuro, os serviços de TI e negócios, combinados, serão responsáveis por mais de dois terços de todos os gastos com blockchain.

Vale lembrar que para este ano, são esperados gastos de US$ 2,6 bilhões pelos Estados Unidos, US$ 1,6 bilhões pela Europa Ocidental e US$ 777 milhões pela China, de acordo com o levantamento. As demais regiões também deverão observar um crescimento robusto dos investimentos na tecnologia.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!