As Tartarugas Ninja terão uma chance de saírem do bueiro em que se meteram nas últimas fracas adaptações cinematográficas. O próximo filme dos quelônios será uma animação produzida por Seth Rogen, já em desenvolvimento. Aliás, foi o produtor que revelou a data de lançamento do longa, em uma postagem no Twitter: 11 de agosto de 2023. Confira:

Na foto publicada por Rogen em seu perfil, é possível ver uma espécie de caderno escolar de ciências, com anotações sobre química. Entre os detalhes que podemos notar na página rabiscada estão os elementos da tabela periódica Tm (túlio), N (nitrogênio) e Tc (tecnécio), em referência à sigla TMNT, de Teenage Mutant Ninja Turtles, ou Tartarugas Mutantes Ninjas Adolescentes.

Leia mais:

Se o envolvimento de Rogen pode levar alguns a pensarem que o produtor deve repetir o tom violento e exagerado de outras adaptações de HQs que ele produziu recentemente, como as séries ‘Preacher’ e ‘The Boys’, vale esclarecer que o filme terá outro tom, com foco no público infantojuvenil. A animação será desenvolvida pela Nickelodeon, que também é o lar das mais recentes séries animadas dos personagens, em parceria com a Point Gray Pictures, produtora de Rogen.

As origens

Embora tenham alcançado sucesso global com o desenho animado lançado em 1987, as Tartarugas Ninja surgiram em uma HQ independente publicada pela dupla de norte-americanos Kevin Eastman e Peter Laird. Os quadrinhos originais eram uma espécie de sátira do gênero super-herói, com boas doses de violência.

Primeira página da HQ original das Tartarugas Ninja, publicada em preto e branco. Na página, é possível ver os quatro personagens em posição defensiva.
No original, todas as tartarugas tinham as faixas na mesma cor, vermelho, detalhe visível apenas nas capas das revistas, já que a HQ era em preto e branco. As faixas coloridas, hoje consagradas, surgiram no desenho animado. Crédito: Pipoca e Nanquim/Divulgação

Esse estilo mais cru das primeiras HQs pode ser observado no primeiro filme dos personagens, no live-action lançado em 1990. Os filmes seguintes e demais produtos, incluindo videogames, acabaram tendo como principal inspiração a série animada, que tinha um aspecto bem mais leve e bem-humorado, até hoje observado em quase tudo que leva o nome da marca.

As quatro Tartarugas Ninja na animação de 1987
Foi no desenho animado do final dos anos 1980 que as tartarugas adquiriram um visual mais simpático e divertido. Crédito: Mirage Studios/Divulgação

Quem gosta da versão original das Tartarugas Ninja ou ainda não conhece e tem curiosidade de conferir, pode ler a primeiras HQs, atualmente publicadas no Brasil em uma coleção da editora Pipoca e Nanquim. Apesar do sucesso dos personagens, maior parte dessas histórias clássicas seguia inédita no país.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!