O Facebook mudou seus planos e anunciou que todos seus funcionários vão poder trabalhar remotamente em tempo integral, desde que a função possa ser realizada em home office. Inicialmente, a empresa havia anunciado um plano para retornar gradativamente aos escritórios.

O novo anuncio vai valer também para quem trabalha fora dos Estados Unidos. Em maio de 2020, o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, disse que apenas os funcionários mais antigos e experientes da companhia poderiam solicitar o trabalho remoto permanentemente.

publicidade

No entanto, o fundador da plataforma mudou de posicionamento. “Aprendemos no ano passado que um bom trabalho pode ser feito em qualquer lugar e estou ainda mais otimista de que o trabalho remoto em escala é possível, principalmente porque a presença de vídeo remota e a realidade virtual continuam a melhorar”, escreveu Zuckerberg em um memorando aos funcionários.

Facebook e o home office

As funções que não podem ser realizadas remotamente geralmente incluem aquelas que trabalham em dispositivos de hardware ou nas configurações do data center do Facebook.

Leia também!

A empresa, no entanto, deve manter seus escritórios abertos pelo mundo para quem deseja trabalhar presencialmente e para quem não pode realizar o serviço de casa. O Facebook também vai liberar o trabalho híbrido, em que o funcionário vai até um local físico algumas vezes por semana e em outras realiza as tarefas em home office.

Para manter o contato entre seus trabalhadores, a partir de 2022, a gigante deve começar a organizar encontros “para apoiar a construção de relacionamento”. No ano que vem, também, os funcionários da empresa vão poder começar a solicitar o trabalho remoto permanente.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!