Em coletiva de imprensa no Instituto Butantan nesta sexta-feira (18), o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que o estado vai receber, no dia 26 de junho, um novo lote com 6 mil litros de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA), necessário para a produção da vacina CoronaVac.

De acordo com Dimas Covas, diretor do Butantan, a carga de insumos permitirá a produção de 10 milhões de doses da vacina, previstas para serem entregues até 15 de julho.

publicidade

Leia também:

Ainda de acordo com Doria, o Instituto tem prontas 8 milhões de doses da ButanVac, nova vacina contra a Covid-19. Este número deve chegar a 40 milhões até a aprovação do uso pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

publicidade

SP entrega 2,2 milhões de doses da CoronaVac graças aos insumos

A entrevista coletiva da manhã desta sexta-feira tinha como objetivo destacar a entrega de 2,2 milhões de doses da vacina CoronaVac ao Ministério da Saúde. Os imunizantes serão utilizados no Programa Nacional de Imunizações (PNI) e serão distribuídos para todo o Brasil.

“Agora são 52,2 milhões de doses da vacina entregues para aplicação no braço dos brasileiros. Até 30 de setembro estaremos entregando 100 milhões de doses da vacina do Butantan, da coronavac, para o programa nacional de imunização”, destacou Doria.

publicidade

O volume entregue só foi possível graças aos 3 mil litros de insumos recebidos no último dia 25 de maio. O envase da matéria-prima foi iniciado no dia 27 de maio e terminou na madrugada do dia 30 do mesmo mês.

Para saber mais, acesse a reportagem do Olhar Digital.

publicidade

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!