A nova variante britânica do coronavírus, conhecida como Alpha (B.1.1.7), foi identificada pela Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro no estado. Um dos casos é de um morador de São Gonçalo, na região metropolitana da capital. O caso foi notificado pela Secretaria Estadual de Saúde do Rio às autoridades municipais de São Gonçalo em 9 de junho.

Segundo a Secretaria, o município do Rio agora tenta descobrir ainda se o paciente foi infectado dentro do estado ou se a infecção veio de outro lugar.

publicidade
Nova variante do coronavírus

De acordo com a Agência Brasil, a Secretaria de Saúde alerta que as medidas de prevenção, diagnóstico e tratamento da Covid-19 seguem as mesmas, independentemente de quaisquer variantes. Os protocolos continuam iguais.

Leia mais:

Saiba o que já foi descoberto sobre a variante Lambda

A Organização Mundial da Saúde (OMS) classificou a variante Lambda da Covid-19, descoberta em agosto de 2020 no Peru, como uma cepa de interesse. Isso significa que a mutação precisa ser investigada para que seus riscos sejam confirmados. Atualmente, essa versão do vírus está em circulação na América do Sul.

As variantes que ganham mais destaque são as classificadas pela OMS como de preocupação. Estão nessa lista quatro Cepas: a Alfa, do Reino Unido; a Beta, da África do Sul; a Gama, do Brasil e a Delta, da Índia. Essas versões do Coronavírus são consideradas como sendo mais transmissíveis que a versão original, já as de “interesse” ainda são pesquisadas.

Para saber mais, acesse a reportagem do Olhar Digital.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!