Já foi relatada a presença de distúrbios neurológicos em pacientes que tiveram coronavírus. No entanto, a frequência e gravidade do quadro ainda é um mistério. Mas uma pesquisa do Hospital Erasmus, nos Países Baixos, indica que o vírus da Covid-19 realmente é capaz de causar danos aos neurônios.

A pesquisa ainda está em fase inicial, mas foi constatado que o SARS-CoV-2 consegue atingir células do cérebro. Isso pode estar por trás dos pacientes que tiveram dores de cabeça, perda de memória e até psicose após se curarem da doença. Os próximos passos devem tentar entender como esse quadro acontece, já que não são todos os infectados que desenvolvem esse tipo de problema.

publicidade

Covid-19 e os neurônios

“Cada vez mais estudos científicos indicam que o Sars-CoV-2 pode entrar no cérebro por meio do nervo olfatório, no entanto, o que acontece depois que o patógeno da Covid-19 invade o cérebro ainda é pouco compreendido”, diz um trecho da pesquisa publicada na mSphere.

Leia mais:

O estudo descobriu que o vírus chega até o cérebro através das vias nasais, que não atoa é uma das áreas mais afetadas pela doença. “O fato de que o Sars-CoV-2 pode, eventualmente, entrar no cérebro através do nervo olfativo e infectar células localmente, o que, por sua vez, causa uma resposta inflamatória, pode certamente contribuir para distúrbios neurológicos”, disse Debby van Riel, autora da pesquisa. “O que vimos foi semelhante ao fato de que a infecção de Covid-19 raramente leva a encefalite grave na qual o vírus se espalha de forma incontrolável pelo cérebro, mas pode casar danos aos neurônios”, completou.

“O sistema imunológico provavelmente desempenha um papel ainda mais importante, além do que o nosso estudo indica. Mais pesquisas serão necessárias para desvendar essa questão. Com novas investigações, os efeitos de curto e longo prazo de uma infecção viral por Covid-19 nas estruturas cerebrais e nos neurônios vão ser melhor compreendidos”, finalizou a especialista.

Via The Star

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!