Até domingo, quase 8  milhões de doses da vacina contra a Covid-19 serão distribuídas a estados e municípios. Com isso, serão entregues 3 milhões de doses da Janssen, 2,8 milhões da Oxford/AstraZeneca em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e 2,1 milhões da Pfizer/BioNTech.

A informação foi divulgada nesta quinta-feira (1º), pelo Ministério da Saúde  por meio de seus canais de comunicação nas redes sociais. A pasta atualiza o recebimento e a distribuição de remessas de vacinas contra a Covid-19 a medida que essas chegam.

publicidade

Até agora, foram distribuídas a estados e municípios 135 milhões de doses, tendo sido entregues 128 milhões de doses. Além disso, foram aplicadas 101,4 milhões de doses, sendo 74,35 milhões da primeira dose e 27,12 milhões da segunda dose.

Fonte: Agência Brasil

Quantas doses de vacina contra Covid estão previstas para 2021? E quantas estão reservadas?

A corrida pela vacina da Covid-19 é real. Laboratórios pelo mundo inteiro disputam para colocar um produto eficaz no mercado o quanto antes, não só pelo benefício de saúde pública, mas também buscando o reconhecimento e os polpudos aportes financeiros que tal feito proporcionaria.

No entanto, apesar dos avisos da Organização Mundial da Saúde (OMS) para que se evite o “nacionalismo vacinal“, tudo indica que o poder econômico determinará quem será vacinado primeiro. Países mais ricos estão reservando um volume enorme de doses das pesquisas mais promissoras, deixando pouquíssimas doses restantes para as economias em desenvolvimento.

Para saber mais, acesse a reportagem completa no Olhar Digital.

Leia também!

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!