O Pinterest anunciou nesta quinta-feira (1) que está atualizando as políticas da rede social para bloquear anúncios com linguagem e imagem para perda de peso a fim de evitar o incentivo a distúrbios alimentares em jovens.

Segundo o Pinterest, a nova política foi desenvolvida com a orientação da Associação Nacional de Distúrbios Alimentares (NEDA, na sigla em inglês). “O Pinterest é o lugar onde as pessoas vêm em busca de inspiração para criar a vida que amam”, disse a empresa.

publicidade
Mulher sentada ao lado de um balança
Em nova política interna, Pinterest proíbe anúncios de perda de peso. Imagem: Tero Vesalainen/Shutterstock

Confira quais itens serão bloqueados na rede social:

  • Qualquer linguagem ou imagem para perder peso;
  • Quaisquer depoimentos sobre perda de peso ou produtos para perda de peso;
  • Qualquer linguagem ou imagem que idealize ou denigre certos tipos de corpo;
  • Referenciando índice de massa corporal ou índices semelhantes;
  • Quaisquer produtos que alegam perda de peso por meio de algo usado ou aplicado na pele.

Segundo o The Verge, a empresa acrescentou ainda que anúncios para perda de peso ou pílulas supressoras de apetite, imagens de perda de peso antes e depois, procedimentos de perda de peso como lipoaspiração ou queima de gordura, vergonha do corpo e alegações “irrealistas” sobre resultados de cosméticos, já foram proibidos pela política.

“O NEDA é encorajado por esta etapa necessária em priorizar a saúde mental e o bem-estar dos Pinners [usuários do Pinterest], especialmente aqueles afetados pela cultura da dieta, vergonha do corpo e transtornos alimentares”, afirmou a CEO interina do NEDA, Elizabeth Thompson.

Leia também!

A executiva ainda contou que espera que a iniciativa do Pinterest incentive outras organizações a pensarem sobre suas campanhas publicitárias que podem ser prejudiciais.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!