Nesta semana você conheceu, aqui no Olhar Digital, o pequeno gênio belga Laurent Simons, que, com apenas 11 anos, concluiu a graduação em física na Universidade de Antuérpia, em 12 meses – um curso que tem duração de três anos. Mas Simons não é o mais jovem da História a se formar numa faculdade.

Ele fica atrás do americano Michael Kearney, bacharel em antropologia pela Universidade de Alabama do Sul, que se formou aos dez anos, em 1994. Kearney, que está no Guinness Book, também é o mais jovem a concluir o Ensino Médio, feito que realizou aos 8 anos. 

publicidade
Michael Kearney se formou bacharel em antropologia pela Universidade de Alabama do Sul aos dez anos. Imagem: Getty Images

Dono de um Qi de 325, de acordo com o site CelebrityQis.com, ele foi diagnosticado com Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) quando garoto. Ele foi alfabetizado pelos pais em casa, tendo seu desenvolvimento intelectual acelerado em um ritmo impressionante. 

Kearney falou aos quatro meses e leu bem antes de completar um ano

Ele começou a falar quando tinha apenas quatro meses, e aprendeu a ler seis meses depois. Quando tinha quatro anos, Kearney fez testes de diagnóstico de múltipla escolha para um desafio de matemática conhecido como Programa de Matemática Precoce da Universidade Johns Hopkins, e sua pontuação foi considerada brilhante.

Leia mais:

Segundo a BBC, depois de formado, Kearney obteve ainda mais sucesso acadêmico – incluindo dois diplomas de mestrado – culminando em um PhD e uma aparição em um game show de perguntas e respostas que o premiou com US$ 1 milhão, aos 22 anos.

Atualmente, aos 36 anos, ele vive uma vida privada, longe dos holofotes da mídia. Seu último paradeiro conhecido foi Nashville, no Tennessee.

O caso de Kearney demonstra que a precocidade na infância não garante necessariamente sucesso e atenção duradouros ao longo da vida adulta. Mas, de qualquer forma, ele tem sua marca na História.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!