Um novo documentário sobre Anthony Bourdain, intitulado ‘Roadrunner’, vai falar sobre a vida e a trágica morte do chef de cozinha. Mas, algo chama atenção no filme a ser lançado nesta sexta-feira (16). Há falas na voz do próprio Bourdain. Para isso, a produção usa deepfake.

Imagens ou áudios que usam deepfakes são criados a partir de inteligência artificial, reproduzindo aparências, expressões e vozes de pessoas reais. O cineasta Morgan Neville usou a tecnologia para recriar digitalmente a voz de Anthony Bourdain.

publicidade
anthony bourdain deepfake documentário2
Anthony Bourdain morreu em 2018, na França. Imagem: Focus Film/Reprodução

Leia mais:

Em entrevista à revista New Yorker, Neville contou que fez com que o software sintetizasse o áudio de três citações do chef e apresentador de televisão. A revelação foi feita quando o cineasta foi questionado sobre como conseguiu um áudio de Bourdain lendo um e-mail que tinha enviado a um amigo.

Como votar no Olhar Digital no segundo turno do Prêmio Influency.me

Neville então explicou que entrou em contato com uma empresa de inteligência artificial e forneceu cerca de uma dúzia de horas de palestras do chef. O algoritmo de IA, então, narrou o texto do e-mail com uma aproximação da voz do apresentador.

“…E minha vida está uma merda agora. Você é bem-sucedido, e eu sou bem-sucedido, e eu estou me perguntando: você está feliz?”, escreveu Anthony Bourdain ao amigo. O trecho pode ser ouvido no trailer abaixo, a partir da marca de um minuto e meio.

Ainda durante a entrevista, o diretor do documentário destacou que havia três linhas da conversa que queria que a voz de Bourdain narrasse. Todavia, ele não conseguiu encontrar algum áudio anterior para editar de modo que funcionasse, ou algum outro modo de juntar.

O grande “porém” da questão é a ética do uso de um deepfake para que Anthony Bourdain, falecido em 2018, lesse um trecho do e-mail. Neville, por sua vez, não se preocupa. “Podemos ter uma palestra de ética documental sobre isso mais tarde”, concluiu.

Via: The Verge

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!