A Caixa Econômica Federal e o WhatsApp fecharam parceria, inédita no mundo, para o envio de mensagens sobre o auxílio emergencial. Sendo assim, os beneficiários passarão a receber de graça as informações sobre datas de depósito, de pagamento e de saque no celular.

Uma conta oficial e verificada da Caixa passará a enviar as informações sobre o auxílio emergencial. De acordo com o presidente do banco, Pedro Guimarães, cerca de 500 milhões de mensagens gratuitas deverão ser enviadas durante o pagamento das parcelas restantes do benefício.

publicidade

Portanto, receberão os avisos os clientes do auxílio emergencial com celular cadastrado no aplicativo Caixa Tem. O usuário poderá habilitar ou desabilitar o recebimento dos avisos. Serão enviadas mensagens sobre o calendário de crédito na conta poupança digital, o calendário de pagamento ou de saque em dinheiro e demais informações e comunicados.

Segundo Guimarães, o uso do WhatsApp para enviar avisos é importante para garantir o acesso à informação a beneficiários muitas vezes sem acesso à internet. Isso porque essas pessoas não têm condições de entrar no site para tirarem dúvidas e fazerem consultas.

Auxílio emergencial
Auxílio emergencial. Foto: Brenda Rocha – Blossom/Shutterstock

“Muitas das pessoas que vão receber essas mensagens de graça são pessoas mais humildes, que não teriam condições normalmente [de receber os avisos]. A parceria vem de ter o WhatsApp, que é o maior programa de comunicação por celular do mundo e a Caixa, um banco com 146 milhões de contas ativas”, explicou Guimarães.

A parceria foi anunciada na presença do diretor de Políticas Públicas para o WhatsApp no Facebook Brasil, Dario Durigan. O aplicativo está à disposição para colaborar com o banco no envio das informações gratuitas. “Num momento tão delicado como esse, é importante que os usuários evitem aglomerações e estejam bem informados sobre o auxílio”, destacou Durigan.

Ele também ressaltou que as mensagens serão enviadas de uma conta oficial da Caixa, verificada no WhatsApp, e pediu que os usuários fiquem atentos para evitarem cair em golpes: “Não haverá pedido de senha nem de dados pessoais. Apenas informações sobre o auxílio serão enviadas.”

Leia mais!

Fonte: Agência Brasil

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!