O estado de São Paulo anunciou um novo ciclo de vacinação, para imunizar pessoas que já tomaram a vacina em 2021. A nova fase começa em 17 de janeiro de 2022 e tem como principal objetivo manter a eficácia da proteção concedida com as doses distribuídas esse ano.

A informação foi confirmada pelo secretário estadual de São Paulo, Jean Gorinchteyn, durante coletiva de imprensa na sede do Instituto Butantan. A durabilidade das vacinas ainda é estudada, mas os laboratórios já consideram a vacinação anual contra a Covid-19, assim como ocorre com a gripe, por exemplo.

publicidade

“Queremos expandir essa fase não apenas para São Paulo, mas para todo o país. Como a formulação da vacina permite a incorporação de novas cepas, é capaz que tenhamos dentro de uma próxima vacina, dois ou três tipos diferentes de vírus, dando uma proteção constante para a nossa população”, explicou Gorinchteyn.

Novo ciclo de vacinação em São Paulo

O secretário ainda falou sobre uma eventual terceira dose da CoronaVac, que está em estudos. Ele esclareceu que a prioridade nesse momento é garantir as duas doses para todo mundo e que a terceira dose depende das pesquisas. No momento, a intenção é concluir o atual e iniciar o novo ciclo de vacinação no próximo ano, com duas doses.

Leia mais!

A coletiva foi feita durante a entrega de mais uma remessa com 1 milhão de doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde. Até agora, mais de 56 milhões de unidades do imunizante foram distribuídas para o governo federal.

“O grande desafio é entrega do que falta 44 milhões até 30 de agosto, antecipando a entrega da compra feita pelo PNI. O Butantan tem trabalhado todos os dias e aos finais de semana para fazer a produção da CoronaVac e o mais rapidamente fazer a entrega ao Ministério da Saúde”, completou o vice-governador, Rodrigo Garcia. Mais detalhes sobre o novo ciclo de vacinação devem ser revelados em breve.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!