A Alphabet, um conglomerado que possui várias empresas que foram pertencentes ou vinculadas ao Google, superou as suas expectativas e a dos analistas de mercado ao obter um novo crescimento expressivo em receita de publicidade neste trimestre. Os ganhos foram impulsionados principalmente em virtude da recuperação gradual do mercado com o avanço da vacinação contra Covid-19.

Apenas a receita do YouTube ultrapassou a quantia de US$ 7 bilhões, um aumento de 83% em relação ao ano passado. Já a receita total de anúncios do Google aumentou para US$ 50,44 bilhões, um crescimento de 69% se comparado ao mesmo período do ano passado.

publicidade

Enquanto isso, a divisão da nuvem Google Cloud, que inclui infraestrutura e plataformas de análise de dados, ferramentas de colaboração como o Google Docs e outros serviços para o setor corporativo, arrecadou US$ 4,63 bilhões, também acima dos US$ 3,01 bilhões vistos em 2020.

Leia mais:

A diretora financeira da Alphabet, Ruth Porat, disse ao portal de notícias Cnbc que espera um “vento a favor” da economia no decorrer do terceiro trimestre. Ainda assim, a executiva ressalta que é cedo para prever as tendências de longo prazo, especialmente considerando o aumento de casos da Covid-19 ainda registrados em alguns países.

Google recebe multa milionária na França

Em contrapartida, o Google recebeu uma multa de US$ 593 milhões do governo francês. O órgão de controle da concorrência do país considera que a empresa descumpriu um acordo que envolve direitos autorais de notícias. O pagamento do valor recorde será destinado às agências de notícias que tiveram conteúdos exibidos nos resultados de buscas.

Conforme a autoridade reguladora francesa, o Google violou uma decisão tomada no ano passado que determinou a realização de acordos de licenciamento com as editoras e agências de notícias para reutilização de conteúdos protegidos por direitos autorais.

Fonte: Cnbc

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!