A expansão da memória interna tem sido um dos recursos mais solicitados desde o lançamento do PlayStation 5 (PS5), em novembro do ano passado. Quase nove meses depois, o primeiro SSD para o novo console foi finalmente confirmado, juntamente com notícias sobre o suporte oficial da Sony para armazenamento externo. No entanto, o produto pode sair mais caro que, bem, o próprio videogame

Atualmente, embora os usuários possam conectar um drive externo ao hardware via USB, os mesmos não são capazes de jogar os games do PS5. Ou seja, os dispositivos podem ser usados para aproveitar títulos do PS4 ou como forma de armazenar os exclusivos do novo console que não estão em uso – e caso queira jogar, será necessário copiar à memória principal da máquina.

publicidade

Felizmente, a empresa de tecnologia Seagate confirmou que o novíssimo SSD FireCuda 530 “atendeu a todos os requisitos para funcionar no PS5”. Isso significa que o arquivador externo pode ser acoplado dentro do estreito slot do novo console da Sony, aumentando a memória para 500 GB, 1 TB, 2 TB ou um máximo de 4 TB. Dado que o espaço interno do hardware alcança apenas 667 GB no momento, isso é um aumento significativo.

FireCuda 530 SSD, o primeiro SSD para PS5. Imagem: Firecuda/Divulgação
FireCuda 530 SSD, o primeiro SSD para PS5. Imagem: Firecuda/Divulgação

O SSD M.2 ostenta uma grande velocidade. De acordo com a Seagate, o aparelho transferirá dados duas vezes mais rápido que a geração anterior de drives, chegando a 7.300 MB/s. No geral, o dispositivo será capaz de gravar e excluir todos os dias, durante cinco anos, sem uma queda séria no desempenho, o que é perfeito se você é o tipo de jogador que alterna regularmente entre os games.

O Firecuda 530 está programado para ser lançado em agosto, então você não terá que esperar muito se estiver planejando ampliar a memória do seu PS5 com um SSD externo. No entanto, isso custará caro – a unidade mais barata sai por US$ 140 (R$ 710), e a maior opção, com 4 TB, vale US$ 950 (R$ 4824, preço maior que o próprio console, diga-se de passagem).

Leia mais:

Também vale ressaltar que, embora o produto em si esteja disponível para compra, a Sony ainda não lançou oficialmente suporte SSD para a maioria dos usuários. Uma nova atualização beta com a compatibilidade deve ser lançada ainda em agosto, mas não há nenhuma palavra sobre quando todos os jogadores terão a chance de ampliar um pouco mais o armazenamento do videogame.

Embora este seja o primeiro SSD que funciona com o PS5, a tecnologia em si não é exatamente nova. As opções para PS4 já estão disponíveis há algum tempo e é muito mais fácil de conseguir.

Fontes: Games Radar e VGC

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!