Vamos falar a verdade: os veículos elétricos da Tesla são esteticamente lindos e fazem jus ao termo “automóveis do futuro”, especialmente o Model XEV que o próprio Elon Musk descreve como o “Ovo Fabergé dos Carros”. O SUV é um dos modelos mais avançados e caros da montadora, e não há um proprietário que não protegeria o produto com todo “carinho e amor”. Bem, parece que existe alguém…

O canal Stauffer Garage do YouTube, especializado em detalhamento de veículos e projetos de restauração, mostrou recentemente em vídeo um Model X malcuidado e que com certeza experimentou alguns encontros angustiantes regados à sujeira e lixo. As imagens (confira abaixo) são de dar pena – e de tirar do sério qualquer motorista que valorize seu carro e o dinheiro investido nele.

publicidade

O Tesla provavelmente parecia impressionante quando saiu do centro de entrega, com sua impressionante pintura preta, interior fosco e configuração de seis lugares. No entanto, o (descaso do) proprietário fez com que o veículo acumulasse muita sujeira, lixo, brinquedos, chocolates e outros tipos doces espalhados nos assentos.

Desnecessário ressaltar o quão horroroso o interior estava quando a equipe da Stauffer Garage recebeu o veículo. Olhando para a enorme quantidade de bagunça nos assentos e pisos do SUV totalmente elétrico, pode não ser exagero chamar o Model X como “um dos Teslas mais sujos já apresentados on-line”. Antes da restauração “que trouxe o carro de volta à vida”, parecia uma tarefa totalmente impossível devido à quantidade de trabalho que precisava.

Mas, assim como acontece com os projetos anteriores do canal, o Tesla em questão voltou à sua glória anterior aos poucos. O detalhamento do veículo começou com os pisos, onde tudo, desde comida descartada até um boneco do Baby Yoda, foi recuperado. Os bancos e tapetes vieram em seguida, seguidos pelos painéis das portas e o resto da cabine. A cada estágio da sessão de detalhamento, o Model X “parecia respirar um pouco melhor”.

Leia mais:

Felizmente, o modelo estava com a bateria cheia quando foi levado aos especialistas. Isso permitiu que a equipe da Stauffer Garage limpasse o veículo com o ar-condicionado ligado, o que ajudou muito, já que fazia 36 °C na época do projeto. O sistema de infoentretenimento do Tesla também ajudou a tornar o processo mais agradável, pois os detalhistas puderam ouvir alguns podcasts enquanto trabalhavam no Model X.

O trabalho de restauração feito no SUV elétrico foi impressionante, mas se há algo que foi destacado pelo projeto, é o fato de que os interiores dos modelos da Tesla são, na verdade, bastante resistentes a danos. O Model X parecia estar completamente destruído antes da sessão de detalhamento, porém no final, a cabine do veículo parecia estar em quase um “zero km”. Os assentos, que tinham chiclete e balas derretidas, também estavam em perfeitas condições.

Fonte: Teslarati

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!