Com o novo sistema de visão por computador alimentado somente por câmeras, batizado de “Vision”, a Tesla começou a apresentar novos recursos que ampliarão a capacidade do piloto automático (Autopilot”) e a versão beta de direção totalmente sem as mãos (Full Self-Driving”, ou FSD, que significa autocondução completa, na tradução literal). Entre as funcionalidades, existe uma interessante opção de estacionamento automático e autônomo, chamada “Autopark”.

A função já existia no sistema dos elétricos anteriores da montadora, mas contava apenas com sensores ultrassônicos ao redor dos carros como forma de auxílio e somente em certas ocasiões – por exemplo, quando havia veículos em cada lado de uma vaga de estacionamento específica. Agora, o recurso, que por ora existe apenas nos novíssimos Model S, foi melhorado e conta apenas com a inteligência e tecnologia baseado no Tesla Vision. O hacker e entusiasta da marca, conhecido como Green, compartilhou nas redes sociais uma demonstração em vídeo. Veja abaixo:

publicidade

Como é possível notar, o recurso Tesla Autopark baseado em visão agora pode ser ativado para uma vaga de estacionamento sem veículos em cada lado. Por funcionar totalmente através de câmeras, a funcionalidade é capaz de perceber as linhas traçadas e também centralizá-las para fazer a baliza de forma perfeita e estacionar o carro elétrico com tranquilidade.

Green disse ao site Electrek que nunca usou a versão anterior do recurso, mas com base em seu conhecimento prévio sobre a tecnologia da Tesla, ele acredita que o novo modo baseado em visão ao invés de sensores “é muito melhor para parar mais perto do meio-fio”.

Embora o Tesla Autopark esteja atualmente disponível apenas nos novos Model S entregues desde junho, a Tesla deve propagá-lo para o resto da frota junto com o lançamento mais amplo do FSD Beta, que agora também são 100% dependentes do sistema Vision.

Leia mais:

Fonte: Electrek

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!