Não é nenhum segredo que nosso planeta está (literal e figurativamente) em chamas. O mais impressionante é que alguns incêndios florestais são tão grandes que podem ser facilmente detectados do espaço — e os astronautas da Estação Espacial Internacional (ISS) estão em estado de alerta.

Durante uma recente ligação com o SpaceFlight Insider, a astronauta da Nasa Megan McArthur descreveu a terrível experiência de estar observando a bordo da ISS a Terra tão tumultuada. “Ficamos muito tristes em ver incêndios em grandes partes da Terra, não apenas nos Estados Unidos”, disse McArthur.

publicidade

Astronautas da ISS pedem ação contra os incêndios que assolam a superfície terrestre

Ela também aproveitou a oportunidade para pedir ação. “Ao longo de muitos anos, cientistas de todo o mundo têm feito soar o alarme. Este é um alerta para toda a comunidade global. Será necessário que toda a comunidade mundial enfrente isso e trabalhe com esses desafios”, orientou.

Imagens de satélite mostram enormes regiões em todo o planeta dominadas por nuvens de fumaça de proporções astronômicas, como a Sibéria, a Grécia e a Espanha, até o noroeste do Pacífico. 

“Cenas absolutamente aterrorizantes da Grécia, onde os barcos tiveram que pegar mais de 1000 pessoas nas praias de Evia depois que incêndios florestais explodiram lá na sexta-feira (6)”

A Turquia foi atingida de forma particularmente grave neste ano, como evidenciado em vídeos de turistas limpando as praias enquanto há imensos incêndios ao fundo.

Leia mais:

Na semana passada, o Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) da ONU divulgou um relatório chocante declarando “código vermelho para a humanidade”.

Ver a devastação de várias centenas de quilômetros de florestas lá do alto, fora da Terra, deve ser, no mínimo, chocante.

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!