Nesta segunda-feira (23), a capital da Índia, Nova Déli, inaugurou sua primeira torre controladora de poluição atmosférica. A estrutura foi construída com o objetivo de reduzir a poluição do ar, responsável por milhares de mortes prematuras anualmente. No entanto, especialistas estão céticos quanto a isso.

Torre purificadora da poluição do ar em Nova Déli tem 25 metros de altura. Imagem: MONEY SHARMA / AFP

De acordo com o site Phys, as concentrações de minúsculas partículas mortais no ar da cidade regularmente excedem os limites de segurança em até 20 vezes, especialmente no inverno, quando seus 20 milhões de moradores são envoltos em uma espécie de cobertor cinza de fumaça nociva.

publicidade

Quarenta ventiladores gigantes na torre de 25 metros irão bombear mil metros cúbicos de ar por segundo através de filtros que reduzem pela metade a quantidade de partículas nocivas em um raio de um quilômetro quadrado, segundo os engenheiros.

“Hoje é um grande dia para Déli em sua luta por um ar limpo contra a poluição”, disse o ministro-chefe Arvind Kejriwal, após a inauguração perto da movimentada área comercial de Connaught Place.

Estrutura para conter poluição do ar está sendo testada

Segundo Kejriwal, a instalação está sendo analisada de forma experimental. “Analisaremos os dados e, se for eficaz, mais torres serão construídas na cidade”.

Com um custo aproximado de US$ 2 milhões (R$10.762.600, na cotação atual), a torre levantou dúvidas de críticos, que dizem que erguer um número suficiente para limpar o ar substancialmente em toda a cidade custaria enormes quantias de dinheiro público, e que os esforços seriam mais bem direcionados no combate às fontes da poluição.

Leia mais:

Isso inclui exaustão de veículos, indústria pesada e de pequena escala, atividade de construção, queima de resíduos e combustível e, no inverno, a queima de safras nas regiões vizinhas. Ou seja, o velho ditado: é melhor prevenir do que remediar.

“Vamos deixar claro que isso é inútil, um desperdício absoluto”, disse Karthik Ganesan, do Conselho de Energia, Meio Ambiente e Água, à AFP. “Agora que o dinheiro dos contribuintes foi gasto, deixe Déli ser o caso de teste para todas as outras cidades indianas. Para garantir que nenhuma outra cidade gaste com ideias pelas quais não podemos pagar”, acrescentou.

Cidades mais poluídas do mundo ficam na Índia

De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), a Índia tem 14 das 15 cidades mais poluídas do mundo.Um estudo do Lance descobriu que havia 1,67 milhão de mortes no país atribuíveis à poluição do ar em 2019, sendo quase 17,5 mil na capital.

Em 2018, a China construiu uma torre de poluição atmosférica muito maior, de 60 metros, na cidade ultrapoluída de Xian. O experimento não se espalhou para outras cidades até agora.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!