O iPhone 13 deve ser anunciado já em algum momento do mês que vem, mas rumores indicam que a nova linha de smartphones da Apple não deve trazer nenhum tipo de leitor de digitais. A novidade não chega com apenas notícias negativas, pois existem indícios de que a marca da maçã anda testando um sensor de impressões sob a tela.

Se você precisa de um leitor biométrico competente, os dispositivos com Face ID da Apple são ótimas alternativas. Eles utilizam a imagem captada pela câmera frontal, junto de informações tridimensionais do rosto para a autenticação do usuário. Um cenário não muito favorável para o tempo que já estamos de máscara no rosto – já são quase dois anos.

publicidade

Leia também

Alguns lançamentos recentes da Apple voltaram suas soluções para o Touch ID, como aconteceu com o iPad Air de 2020 e o novo teclado sem fios para os iMacs com processador Apple M1. Este tipo de leitor biométrico pode voltar ao iPhone em breve, mas não no próximo lançamento da marca da maçã.

iPhone 12 Pro Max não deve ser o último celular da Apple antes do iPhone 13 sem Touch ID (Imagem: divulgação/Apple)
iPhone 12 Pro Max (Imagem: divulgação/Apple)

É o que admite Mark Gurman, da Bloomberg. “Embora a Apple tenha testado o Touch ID sob a tela para os próximos iPhones mais potentes, ele não será implementado neste ano. Acredito que a Apple esteja apostando todas as fichas no Face ID para os iPhones mais caros, junto de um objetivo de longo prazo para implementar a tecnologia dentro da própria tela”, diz Gurman em sua newsletter.

Apple usará Touch ID e Face ID, mas não no iPhone 13

Isso significa que o provável iPhone 13 não será marcado com o retorno do leitor de impressões digitais, presente em todos os modelos topo de linha da marca entre 2013 e 2017. Atualmente o único celular da empresa com o Touch ID é o iPhone SE, considerado intermediário.

Um cenário mais provável para o Touch ID dentro da tela está justamente na união desta solução, com a leitura facial do Face ID. Ambos podem ser implementados ao mesmo tempo e dentro da tela, escondidos do olhar do usuário. A Apple já até tem algumas patentes descrevendo a união destas duas soluções.

Via BGR.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!