Mais de 264 milhões de pessoas em todo o mundo sofrem de depressão diagnosticada. Destes, entre 10 e 30% não conseguem encontrar alívio mesmo após o tratamento com antidepressivos. Agora, um novo estudo indica que gás do riso pode ser usado para ajudar essa parcela da população com depressão.

Um artigo publicado recentemente na Science Translational Medicine diz que o gás do riso foi usado em um ensaio clínico em estágio inicial conduzido por pesquisadores da Universidade de Chicago e da Escola de Medicina da Universidade de Washington.

publicidade

Gás do riso no tratamento para depressão

Os resultados iniciais indicam que a inalação da mistura de oxigênio e óxido nitroso melhorou significativamente os sintomas de depressão quando comparado com paciente que não usaram o método e que são resistentes ao tratamento com antidepressivos.

Leia mais:

“O óxido nitroso (gás do riso) na concentração inalada de 50% demonstrou melhorar os sintomas depressivos em pacientes com depressão maior resistente ao tratamento (TRMD). Não se sabe se uma concentração mais baixa de óxido nitroso 25% fornece eficácia e persistência semelhantes dos efeitos antidepressivos, ao mesmo tempo que reduz o risco de efeitos colaterais adversos”, diz um trecho da pesquisa.

O ensaio ainda é inicial e o relatório ainda explica que são necessárias mais pesquisas para concluir se o gás do riso pode ser usado no tratamento para depressão de forma eficaz.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!