Ao mesmo tempo que, para muitas pessoas mais familiarizadas, o bitcoin é realmente um investimento promissor que deve se manter por muito tempo no mercado, para a maioria, ela é apenas uma moeda virtual que está há quilômetros de distância de servir para algo prático.

À medida que esses criptoativos se popularizam, no entanto, cada vez mais coisas simples, como uma passagem áerea, podem ser adquiridas utilizando esses recursos.

publicidade
Imagem mostra uma mão masculina realizando uma transação em bitcoin por meio de um caixa eletrônico
No mundo, mais de 15 mil estabelecimentos aceitam pagamento em bitcoins. Crédito: aleks333/Shutterstock

De acordo com levantamento feito neste ano pela Fundera, empresa norte-americana especializada em soluções financeiras para pequenas empresas, um total de 15.174 negócios no mundo inteiro aceitam bitcoin como pagamento. Estima-se que pouco mais de 328 mil transações em bitcoin são realizadas todos os dias.

Para matar a sua curiosidade, separamos algumas compras que atualmente são aceitas em bitcoins – veja abaixo.

Ingressos de cinema

Quem mora em Forianópolis, capital catarinense, pode comprar ingressos em bitcoins para assistir a filmes no CineMulti, sala de cinema do Multi Open Shopping. O estabelecimento foi o primeiro do tipo no Brasil a aceitar a criptomoeda como pagamento, em 2019.

A transação é possível por meio de um terminal POS da empresa Bancryp, que se autodeclara “primeiro criptobanco do Brasil”. Ao fazer a compra, o equipamento converte bitcoin nos câmbio do momento da compra.

Este parece ser, no entanto, um movimento que outras empresas poderão seguir em breve. Até o final deste ano, por exemplo, Adam Arona, CEO da maior rede de cinemas do mundo, a AMC Theatres, divulgou que a rede passará a aceitar bitcoin como opção de pagamento.

Imóveis

Aqui no Brasil, a construtora Tecnisa é a pioneira na aceitação de bitcoin na compra de imóveis. Apesar de ter divulgado mais massissamente a possibilidade em meados de 2017, a empresa diz que já aceitava o pagamente por meio do recurso digital desde 2014.

Roupas

O Grupo Reserva fez uma parceria com a MundiPagg em 2017 para dar aos consumidores a possibilidade de compra usando a criptomoeda. A MundiPagg é uma plataforma especializada em pagamentos e uma das primeiras no Brasil a disponibilizar a opção de vendas via criptomoedas para e-commerces.

Leia também!

Doação

Algumas instituições como a ONG Save the Children, que trabalha com foco em garantia de direitos das crianças mundialmente, aceita doações em bitcoins desde 2014.

A Wikimedia, fundação responsável pela enciclopédia global Wikipedia, também adicionou a possibilidade de doação por meio da criptomoeda para manter o site. A página aceita doações também em bitcoin cash e ether.

Restaurantes

A Casa do Porco Bar é um renomado restaurante paulistano, fundado pelo chef Jefferson Rueda e que, desde 2018, aceita pagamentos em bitcoin, litecoin e bitcoin cash. Na hora de pagar a conta, os clientes podem solicitar a maquininha da PayWISE, que é similar às de cartão de crédito e débito tradicionais, mas que realiza a conversão de reais para a moeda virtual desejada.

Em 7 de setembro de 2021, El Salvador oficializou o bitcoin como moeda circulante do país. Nesse mesmo dia, o McDonald’s e a Pizza Hut locais também passaram a aceitar a criptomoeda para compras nos estabelecimentos.

Pelo relato do jornalista especializado em bitcoin, Aaron van Wirdum, a compra foi bastante simples.

“Acabei de entrar em um McDonald’s em San Salvador [capital do país] para ver se poderia pagar meu café da manhã com bitcoin e, para ser honesto, esperando ouvir um ‘não’. Mas, olhem só, eis que imprimiram um ticket com QR Code que, ao escanear, me levou a uma página para pagamento via Lightning, e agora estou curtindo meu café da manhã tradicional”.

E o que mais?

Colocamos acima apenas alguns exemplos de lugares que aceitam criptomoedas e que estão mais próximo do consumidor final, mas há outros mercados que não citamos, mas que também aceitam pagamento em moedas virtuais como viagem e turismo (com compra de passagens aéreas e reseva de hoteis), eletrônicos e jogos, entre outros.

O portal Livecoins possui uma lista atualizada recorrentemente sobre os principais estabelecimentos que aceitam o recurso como pagamento, mas basta dar uma busca rápida na internet para saber quais empresas fazem parte dessa lista.

Crédito da imagem principal: Momentum Fotograh/Shutterstock

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal.