A Aeralis está criando uma nova classe de aeronaves militares formada por aviões cinco em um para a Força Aérea Real (RAF) do Reino Unido. A empresa foi escolhida pela RAF para pesquisar e desenvolver naves aéreas modulares, capazes de apresentar soluções viáveis em custo e em capacidades avançadas ao mesmo tempo.

cinco modelos Aeralis
Divulgação/Aeralis

O mesmo avião modular pode ser usado em cinco opções. Pode servir como caça leve, acrobacias e três formas de treinamento: operacional, jato básico e jato avançado.

publicidade

Para isso funcionar, a Aeralis faz uso de fuselagem e aviônicos comuns enquanto troca motores, asas e sistemas de missão.

imagem explodida de um modelo Aeralis
Divulgação/Aeralis

Dessa forma, é possível obter uma ampla gama de configurações. A um custo muito mais baixo do que ter vários aviões para missões diferentes.

Segundo a Aeralis, mudar de frotas mistas para esse conceito modular poderia cortar mais de 30% dos custos para clientes militares. De acordo com a fabricante, essa estratégia tem sido usada com sucesso na aviação comercial, mas não havia sido implementada pelas forças militares até agora.

dois modelos de avião diferentes com a mesma fuselagem
Divulgação/Aeralis

Este conceito inovador está centrado em torno da fuselagem de núcleo comum (CCF), que atua como a espinha dorsal de todas as versões.

Duas cabines intercambiáveis ​​e duas configurações de asa permitem que o jato Aeralis seja transformado para diferentes tipos de missões. A empresa ainda planeja adicionar três outras versões de asa para uma gama mais ampla de configurações. Para ilustrar melhor sobre o que estamos falando, acompanhe o vídeo da Aeralis abaixo:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal.

Leia mais:

Motores Rolls-Royce

Quando se trata de motores, a flexibilidade também é fundamental. É onde a Rolls-Royce aparece.

A britânica e icônica Rolls-Royce acertou uma parceria com a Aeralis, onde será fornecedora de motores para os jatos modulares da Força Aérea Real (RAF) do Reino Unido. O acordo é resultado de um memorando de entendimento (MoU) para o desenvolvimento de uma tecnologia de sistema de propulsão que pode ser usada em todas as versões de jato modular.

Durante a primeira fase da colaboração, a Rolls-Royce testará sistemas de propulsão para o modelo de pré-produção e se concentrará em integrá-los ao processo de design digital da aeronave. A Aeralis está se preparando para entrar na fase de pré-produção e espera que seu avião modular cinco em um realize o primeiro voo em três anos.