A cantora e compositora Alanis Morissette retirou o apoio ao documentário ‘Jagged’, da HBO. O filme conta a ascensão da canadense de 47 anos à fama e o lançamento do álbum ‘Jagged Little Pill’, de 1995. Em comunicado, Alanis afirmou que não vai comparecer a nenhum evento relacionado ao lançamento do longa, que estreou na última segunda-feira (13), no Festival Internacional de Cinema de Toronto.

“Fui enganado por uma falsa sensação de segurança e sua agenda lasciva tornou-se aparente imediatamente após eu ver o primeiro corte do filme. Foi quando eu soube que nossas visões eram de fato dolorosamente divergentes. Esta não foi a história que concordei em contar”, disse a cantora, no comunicado publicado pelo site norte-americano The Hollywood Reporter.

publicidade

Leia mais:

A cantora e compositora conta, no documentário, sobre experiências pessoais com agressão sexual e estupro estatutário. No Brasil, o estupro estatutário acontece quando a garota é menor de 14 anos, o que significa que mesmo que ela dê consentimento, a violência é presumida, por se tratar de uma pessoa que não tem idade suficiente para consentir com o comportamento.

“Eu sempre diria que estava consentindo, e então me lembrava, tipo, ‘Ei, você tinha 15 anos, você não está consentindo aos 15.’ Agora eu fico tipo, ‘Oh sim, eles são todos pedófilos. É tudo estupro legalmente’”, disse Alanis Morissette, em uma das entrevistas para o documentário. Ela não revelou quem foram os agressores.

No comunicado após retirar o apoio ao filme, a cantora não especificou quais elementos a contrariaram. A canadense afirmou que concordou em participar da entrevista sobre a comemoração de 25 anos de ‘Jagged Little Pill’. Na ocasião, conta ela, estava sofrendo da terceira depressão pós-parto e em meio a um bloqueio criativo.

Alanis Morissette
A cantora e compositora canadense não revelou quais fatos do documentário não eram verdadeiros. Imagem: Instagram @alanis/Reprodução

“Sento-me aqui agora, sentindo todo o impacto de ter confiado em alguém que não merecia ser confiável. Decidi não comparecer a nenhum evento relacionado a este filme por dois motivos: um é que estou em turnê agora. A outra é que, não é diferente de muitas ‘histórias’ e biografias não autorizadas por aí ao longo dos anos, esta inclui implicações e fatos que simplesmente não são verdadeiros”, completou.

O documentário ‘Jagged’ é parte da série ‘Music Box’, produzida por Bill Simmons. A antologia de documentários focados em música inclui ‘Listening to Kenny G’ e ‘Woodstock 99: Peace, Love, and Rage’, que já estreou. O documentário sobre Alanis ainda não tem data de lançamento na HBO.

Via: The Hollywood Reporter

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!