A montadora Volkswagen firmou uma parceria com a Universidade Federal de Campinas (Unicamp) para duas pesquisas de tecnologias relacionadas ao etanol. Os estudos fazem parte da adaptação da fabricante de carros para os novos motores com emissão de carbono zero.

Segundo a empresa, as pesquisas apoiadas trabalharão na criação de reformador de etanol, que utilizará o combustível para a fabricação de hidrogênio, e uma célula abastecida com o mesmo produto. Os processos, sistemas e dispositivos envolvidos no combustível limpo poderão ser implementados em sistemas de propulsão elétricos e híbridos.

publicidade

Lá em 2003, a Unicamp havia anunciado prévias da tecnologia, desenvolvida pelo Laboratório de Hidrogênio (Lh2). Sua utilização estava prevista para substituição de geradores à diesel e testes iniciais miravam na alimentação de painéis fotovoltaicos, mas o uso em automóveis já estava em prospecção na época.

A previsão do Lh2 era de que o combustível permanece injetado no tanque, porém, seria processado diretamente por um reator a hidrogênio, que transformaria o produto em gás. O resultado reagiria com uma célula e geraria eletricidade para mover um motor elétrico.

Ainda não há estimativas de como a nova tecnologia de etanol da Unicamp afetará a autonomia dos veículos da Volkswagen.

Montadora quer entrar na meta de carbono neutro até 2025

Para a Volkswagen, a parceria com a Unicamp para estudos do etanol é mais uma das etapas de adequação às novas exigências do mercado. Pablo Di Si, presidente e CEO da VW América Latina, afirma em nota que a iniciativa faz parte da meta global da montadora de adequar sua produção para processos totalmente neutros em carbono até 2050.

“A proximidade com a Unicamp fortalece e nos traz o conhecimento necessário para a nossa estratégia de descarbonização, uma vez que irá desenvolver tecnologias com base no etanol, um combustível com baixa emissão de CO2, para utilização no mercado interno e exportação,” afirma.

O presidente também reconhece que a tecnologia será crucial para o novo Centro de Pesquisa & Desenvolvimento de Biocombustíveis da montadora, recém-anunciado no Brasil.

Via MotorShow

Imagem: Divulgação/Volkswagen

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!