Antes do Google Chrome reinar no mercado, um outro navegador de uma rival fazia sucesso: o Internet Explorer, que agora está finalmente sendo abandonado. Silenciosamente, a gigante das buscas está deixando de dar suporte para o browser e boa parte de seus serviços já não funcionam mais por lá.

A decisão não é exatamente uma surpresa, levando em conta que a própria Microsoft já anunciou que o Internet Explorer vai ser desativado em 2022. A empresa já lançou o Edge, sucessor do clássico navegador, que agora está presente nos computadores com Windows.

publicidade

Fim do suporte do Google

No entanto, ainda existem usuários no Explorer que agora vão ficar sem boa parte dos serviços do Google. Todas as funções agora não são mais suportadas, até a pesquisa foi praticamente desativada. Ela ainda está disponível, mas em uma versão alternativa em com resultados reduzidos.

Segundo o Google, para tomar a decisão foram avaliados os custos de manter o suporte para um navegador que vai deixar de existir em breve e que é cada vez menos usado. Por conta disso, a empresa optou por desligar o suporte para o serviço.

O Explorer vai ser desativado por completo no dia 15 de junho de 2022. “Com o Microsoft Edge, oferecemos um caminho para o futuro da web, respeitando o passado. A mudança era necessária, mas não queríamos deixar para trás sites e aplicativos confiáveis e ainda em funcionamento”, explicou a empresa quando anunciou a decisão.

Leia mais!

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!