Israel confirmou um novo caso de uma subvariante da cepa Delta da Covid-19, que foi relatado anteriormente em alguns países europeus, segundo informações do Ministério da Saúde.

“A variante AY 4.2 foi descoberta em vários países da Europa foi identificada em Israel”, disse um comunicado do governo na última terça-feira (19).

publicidade

O Ministério informou que um menino de 11 anos que veio da Europa era o transportador e o caso foi identificado no aeroporto Ben Gurion, em Tel Aviv. Com isso, o jovem ficou em quarentena e nenhum outro contato foi descoberto. A variante já apareceu várias vezes no Reino Unido.

De acordo com François Balloux, professor de biologia de sistemas computacionais na University College London, a subvariante é rara e não parece apresentar o mesmo risco de transmissão significativamente aumentada como outras cepas.

A variante foi descoberta enquanto Israel considerava afrouxar as restrições ao turismo após uma queda nos casos. Porque havia um plano anterior para reabrir as fronteiras que foi recusado em meio a um aumento nos casos causados ​​pela cepa Delta. No final de agosto e início de setembro, os novos casos ultrapassaram 11.000 por dia.

Ademais, as autoridades lançaram uma campanha para incentivar os cidadãos com uma terceira injeção de reforço da vacina Pfizer-BioNTech, que reduziu as infecções.

Leia mais:

Fonte: Medical Xpress

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!