Mesmo sendo um dos jogos mais populares do mundo, ‘Fortnite’ não é tão disseminado na China. A falta de entusiasmo dos jogadores o país pelo título da desenvolvedora Epic Games se deve, principalmente, à legislação chinesa, que dificulta a moneticação. Assim, os servidores locais do game serão desligados no dia 15 de novembro, em duas semanas.

No site da versão da China do jogo, o ‘Fortnite’ anuncia o fim das atividades no local. Nesta segunda-feira (1ª), jánãoé mais possível que novos jogadores se cadastrem no game, nem que o aplicativo seja baixado. Às 11 horas (horário local) do dia 15 de novembro, os servidores serão desligados, impedindo os usuários de realizarem o login no título.

publicidade

Leia mais:

“Obrigado a todos que embarcaram no ônibus e participaram do teste de ‘Fortnite’!”, encerra a mensagem publicada no site neste domingo (31). Como o jogo consegue a maior parte das receitas através de microtransações, a versão da China foi prejudicada justamente por esse tipo de operaçõ ser proibida pelo governo do país.

Mensagem (traduzida) publicada no site da versão chinesa do ‘Fortnite’ informa dia e hora do encerramento do jogo. Imagem: Reprodução

O ‘Fortnite’ depende da compra deskins e cosméticos por parte dos jogadores, que transformam dinheiro de verdade nos V-bucks, moeda do game. Na China, os serviços tinham mecânicas diferentes, desbloqueando moedas premium jogando, ao invés de realmente pagar. A ideia do governo é combater o vício em jogos. Além disso, menores de idade chineses só podem jogar por três horas semanais, com uma hora a mais em feriados.

O jogo da Epic Games já havia sido banido do país em 2018, no auge de sua popularidade, por causa de uma alteração nas leis de censura. O ‘PUBG’ também chegou a ser banido. Quando liberado, ‘Fortnite’ chegou com uma mudança grande. Nas partidas, existe a possibilidade de mais de um vencedor caso os jogadores sobrevivessem por mais de 20 minutos, para acomodar os valores chineses.

Via: GameRant / ScreenRant

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!