A Microsoft deixará de fornecer suporte ao OneDrive em computadores com o Windows 7, 8 e 8.1. De acordo com a empresa, a plataforma de armazenamento de dados em nuvem será desativada nos referidos sistemas a partir de 1º de março de 2022.

Com a chegada do Windows 11, a Microsoft deve priorizar ainda mais os seus sistemas mais novos, dificultando cada vez mais a vida de usuários que não atualizaram os seus dispositivos para as versões mais recentes do sistema.

publicidade

Apesar de o Windows 7 e 8 terem sido lançados há mais de uma década, os sistemas ainda são utilizados por muitos usuários. Em nota, a Microsoft declarou:

“Para concentrar recursos em novas tecnologias e sistemas operacionais e fornecer aos usuários a experiência mais atualizada e segura, a partir de 1ª de janeiro de 2022, as atualizações não serão mais fornecidas para o aplicativo desktop OneDrive em dispositivos Windows 7, 8 e 8.1”.

Ainda segundo a Microsoft, o encerramento do serviço não afetará usuários corporativos. Nestes casos, o suporte do OneDrive permanecerá ativo de acordo com o ciclo das referidas versões do Windows. Segundo a fabricante, tanto o Windows 7 quanto o Windows 8.1 continuarão recebendo atualizações até 10 de janeiro de 2023. Já o Windows 8, no entanto, teve o suporte encerrado em 2016.

Leia mais:

Windows 11

A Microsoft ainda destaca que os usuários que desejarem uma experiência aprimorada dos seus recursos devem migrar para a nova versão do sistema operacional, o Windows 11. Apesar do anúncio, a adesão ao novo OS não é tão simples quanto parece, ela exige computadores compatíveis com a tecnologia de autenticação de segurança TPM 2.0 – inclusa apenas em processadores Intel Alder Lake de 8ª geração e processadores AMD Ryzen a partir da linha 2000.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!