A gravidez é um período cheio de incertezas e alimentos que devem ter seu consumo reduzido. O café, entretanto, se tomado nas quantidades certas, pode ajudar a evitar o risco de doenças para a mãe e também para o bebê.

Pesquisadores da Universidade da Pensilvânia analisaram 2.529 mulheres grávidas que participaram de um estudo entre 2009 e 2013. Os cientistas reforçam ainda que grávidas nunca devem consumir mais de 200 mg de café por dia, o que equivale a cerca de três cafés expressos.

publicidade

Para realizar o estudo, cada mulher informou a quantidade de cafeína ingerida em sua rotina. Depois, exames de sangue mediram as taxas entre a 10ª e a 13ª semana de gestação. Após isso, foram analisados problemas de saúde que as participantes tiveram durante a gestação.

Os resultados mostram que beber cerca de 100 mg por dia, ou uma xícara, pode reduzir em até 47% o risco de diabetes gestacional. Essa é uma condição relativamente comum na gravidez, quando as mães ficam com um alto nível de açúcar no sangue. A doença é tratável e costuma desaparecer após o parto.

Café na gravidez

Apesar disso, a diabetes gestacional aumenta o risco de diabetes tipo 2 e pode causar problemas no período de gestação. Por isso, deve ser evitada e o café pode ser um importante aliado para combater a doença durante a gravidez.

“Nossas descobertas podem fornecer alguma garantia para as mulheres que já estão consumindo níveis baixos a moderados de cafeína”, disse a Dra. Stefanie Hinkle, professora assistente de Epidemiologia da Universidade da Pensilvânia e líder do estudo.

Apesar disso, ela faz um adendo. “Não é aconselhável que mulheres que não bebem iniciem o consumo de bebidas com cafeína com o objetivo de reduzir o risco de diabetes gestacional”.

Os pesquisadores não encontraram ligação entre o café e outros problemas da gravidez como pressão alta. “Sabemos que a cafeína baixa a moderada não está associada a um risco aumentado”, disse Hinkle.

Leia também!

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!