Para comemorar seu aniversário de 15 anos, o estúdio de design automotivo holandês Ugur Sahin Design (USD) construiu o Project Fenix, um carro-conceito que reinterpreta o icônico supercarro Ferrari F50.

Projetada pela Pininfarina, a F50 nasceu em 1995 para celebrar os 50 anos da fabricante italiana e se tornou um item raro no mercado, já que apenas 350 unidades foram produzidas à época. Internamente, o modelo ostentava um motor V12 4.7 de 60 válvulas que gerava 512 cavalos de potência e 157,4 kgfm de torque. Chegou a competir também em campeonatos nacionais de turismo com uma versão GT, mas não obteve vitórias.

publicidade

O Project Fenix, por sua vez, tem a mesma traseira da F50 — particularmente o enorme aerofólio traseiro e a tampa do motor transparente. O USD não deu detalhes sobre o trem de força do modelo, mas pelos tubos de escape quádruplos na traseira, é possível deduzir que a propulsão se dê à moda antiga, com um motor a combustão interna mesmo.

Project Fenix, supercarro do estúdio de design USD
Imagem: Divulgação/Ugur Sahin Design

Balanço entre o novo e o antigo

A influência da Ferrari F50 também se mostra presente na silhueta do Project Fenix, com uma linha que percorre a carenagem inteira e se conecta aos faróis. Ao contrário do carro italiano, porém, a reinterpretação possui um teto fixo.

Na frente, o Fenix se diferencia bastante do projeto original. Embora o capô siga o mesmo desenho da F50, as entradas de ar integradas seguem uma referência mais parecida com os McLarens contemporâneos.

Project Fenix, supercarro do estúdio de design USD
Ugur Sahin Design/Divulgação

De qualquer forma, de acordo com o USD, o desafio do conceito era criar um equilíbrio entre o antigo e o novo, de modo que respeitasse o design original, mas ainda fosse uma interpretação moderna em essência. Por enquanto, o estúdio não planeja lançar um modelo de produção do Project Fenix.

Via Slashgear

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!