O Spotify removeu do álbum ‘30’ da Adele o botão que permite que as músicas sejam reproduzidas no aleatório. A exclusão foi um pedido da cantora, que explicou que as canções precisam ser apresentadas na ordem no serviço de streaming para ter o sentido pretendido.

“Este era o único pedido que eu tinha na nossa indústria em constante mudança! Não criamos álbuns com tanto cuidado e reflexão em nossa lista de faixas sem motivo. Nossa arte conta uma história e nossas histórias devem ser ouvidas como pretendíamos. Obrigado Spotify por ouvir”, tuitou a artista britânica agradecendo a plataforma, que respondeu a cantora com: “Qualquer coisa por você”.

publicidade

Ao The Verge, o Spotify explicou as mudanças e também falou sobre o novo recurso, que não se aplicará apenas ao álbum da Adele, mas a todo o conteúdo do serviço de streaming.

“Como Adele mencionou, estamos empolgados em compartilhar que começamos a lançar um novo recurso Premium que há muito tempo é solicitado por usuários e artistas para tornar padrão o botão de reprodução em todos os álbuns. Para aqueles usuários que ainda desejam reproduzir um álbum aleatoriamente, eles podem ir para a visualização ‘Reproduzindo Agora’ e selecionar a alternância de reprodução aleatória”, disse o chefe de comunicações musicais do Spotify, Chris Macowski.

Leia mais!

O tratamento gentil com a cantora não vem por acaso, sua música ‘Easy on Me’ do álbum ‘30’ possui o recorde de maior audiência global em um dia, o que destronou o grupo de k-pop BTS.

‘30’ é a tão esperada sequência de ‘25’ de 2015, que também teve seu recorde ao vender 3,38 milhões de cópias em sua semana de estreia nos Estados Unidos. 

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal.