A Prefeitura de São Paulo informou que nesta quinta-feira (25) iniciará a vacinação contra a Covid-19 em escolas públicas da rede municipal e estadual. O intuito do governo municipal é ampliar a cobertura vacinal de adolescentes contra a doença.

“As equipes de saúde irão até as escolas. Lembrando que esse público deve ter acompanhando os pais ou responsáveis, porque são menores. Então, eles terão que estar presentes ou assinar uma autorização, e toda a equipe da área da saúde vai estar alinhando isso para estar indo nas escolas vacinar os adolescentes”, informou o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB).

publicidade

Leia também!

De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo, a vacinação contra a Covid-19 acontecerá duas vezes por semana nas escolas para adolescentes com 12 anos ou mais.

A capital paulista aplicou a primeira dose da vacina contra a Covid-19 em toda a população entre 12 e 17 anos. No entanto, cerca de 500 mil adolescentes estão com a segunda dose em atraso.

Apenas 36% dos adolescentes retornaram para tomar a segunda dose do imunizante. Vale ressaltar que as pessoas dessa faixa etária só podem ser imunizadas com a vacina da Pfizer, que é distribuída em duas doses.

Profissional da saúde aplicando a vacina em adolescente
Covid-19: Prefeitura de SP vai iniciar vacinação em escolas públicas para alcançar mais adolescentes. Imagem: Shutterstrock

A secretaria de Saúde acredita que a antecipação da segunda dose pode ser o fator responsável pela demora na aplicação da segunda dose em adolescentes. “Quando eles vacinaram, foi colocado no cartão de vacinação a data anterior. Entretanto, logo depois dessa vacinação, houve a mudança do prazo do Ministério da Saúde. Então acredito que estão se baseando na data da carteirinha de saúde”, afirmou Sandra Sabino, secretária-executiva da Secretaria Municipal da Saúde de SP.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!