Uma parcela do metaverso da Decentraland, um jogo online baseado em realidade virtual formado por milhares de terrenos, foi negociado por um valor recorde esta semana: US$ 2,4 milhões, cerca de R$ 13,4 milhões em criptomoedas.

Esses “imóveis”, que podem ser comprados em forma de NFTs (tokens não fungíveis) com o criptoativo MANA, ficam em um mundo virtual onde os usuários podem interagir e vender itens para outras pessoas.

publicidade

O terreno virtual, segundo a Decentraland, foi adquirido por 618 mil unidades de MANA (US$ 2,4 milhões na cotação atual), o que representa a transação mais cara de um dos espaços na plataforma até aqui. 

Metaverso: terreno virtual da Decentraland é vendido por mais de R$ 13 milhões
Captura de tela do jogo baseado em realidade virtual Decentraland. Imagem: Ira Lichi/Shutterstock

O negócio, segundo a Reuters, foi registrado no principal marketplace de NFTs do mercado cripto, a OpenSea. O terreno possui um espaço equivalente a 566 metros quadrados e fica na rua “Fashion Street”. O espaço será usado para vender roupas para outros jogadores.

Em junho, outra área foi vendida por 1,29 milhão de manas, o que na cotação da época era cerca de US$ 913,2 mil. Os compradores construíram um shopping para o mesmo fim, vender roupas no mundo virtual.

Veja também

Por fim, vale ressaltar que o conceito do metaverso está em alta após o Facebook decidir apostar alto na ideia dos mundos virtuais, mudando até o nome da empresa para Meta. A decisão, inclusive, fez com que a criptomoeda MANA valorizasse quase 400%.

No momento da publicação, a MANA vale cerca de US$ 5 e mantém um ganho de 49,4% nos últimos sete dias, segundo o agregador independente de dados de criptomoedas CoinGecko.

Via: CNN

Imagem principal: moxumbic/Shutterstock

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!