A chegada dos novos Apple MacBook Pro com processadores M1 Pro e M1 Max incentivou diversas empresas a trocarem os aparelhos dos seus desenvolvedores. Entre as companhias que aderiram ao novo dispositivo da Apple estão o Uber, Twitter e Reddit.

De acordo com o engenheiro da equipe do Reddit, Jameson Williams, o Macbook Pro M1 Max trará uma série de melhorias no fluxo do trabalho dos seus desenvolvedores. Em um post publicado em um dos servidores dedicados a equipe técnica do Reddit, o funcionário destacou que a empresa desembolsou cerca de US$ 32 mil dólares para a aquisição de nove MacBooks para os seus engenheiros e que o retorno deste investimento deve chegar em menos de três meses.

publicidade

Segundo o desenvolvedor, um MacBook Pro com M1 Max pode terminar uma compilação limpa do aplicativo do Reddit para Android em cerca de metade do tempo que um MacBook Pro com Intel i9 de 2019.

Ele ainda destacou que um desenvolvedor leva em média 45 minutos por dia aguardando por compilações na plataforma. Com achegada do Apple M1 Max, no entanto, este tempo deve cair para 22 minutos. No caso do desenvolvimento de aplicações para iOS, o MacBook é ainda mais eficiente podendo chegar em um tempo menor de compilação.

A postagem completa do engenheiro está disponível (em inglês) em sua página no Reddit.

Leia mais:

Apple M1 Max

Os processadores M1 Max e M1 Pro foram apresentados pela Apple em outubro de 2021. De acordo com testes  do Geekbench, o novo MacBook Pro com M1 Max chega a ser duas vezes mais rápido que os seus antecessores. O chip apresenta uma pontuação no single-core de 1749 e uma pontuação multi-core de 11542, que oferece o dobro do desempenho mult-core do chip M1 do MacBook Pro de 13”.

Seguindo estes números, o M1 Max supera todos os outros chips da Apple, com exceção dos modelos Mac Pro e iMac equipados com chips Xeon de 16 a 24 núcleos da Intel. A pontuação de 11542 multi-core está no mesmo nível do Mac Pro do final de 2019, que utiliza um Intel Xeon W-3235 de 12 núcleos.

Os MacBooks Pro de 14 e 16 polegadas já estão disponíveis para venda no Brasil. A versão mais completa dos dispositivos pode custar até R$ 78 mil.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!