Jeff Garlin, o intérprete de Murray Goldberg em ‘Os Goldbergs’, não retornará mais a série, informou o tabloide Deadline. Segundo o site, a demissão foi uma decisão mútua entre a Sony Pictures Television, produtora responsável pela sitcom, e o ator, que já era investigado por comportamento impróprio no set de filmagens há três anos.

“Ele é extremamente abusivo verbal e emocionalmente”, disse um funcionário da Goldbergs em anonimato ao Deadline.

publicidade

Leia mais!

Uma outra fonte contou ao tabloide que, após uma funcionária reclamar ao RH sobre o ator ter usado a palavra “vagina” no set e Garlin descobrir sobre a notificação, ele teria ido até a reclamante, colocado as mãos em seu rosto, e repetido diversas vezes a palavra novamente. Outros funcionários também alegaram que as piadas do ator sempre continham teor sexual.

Recentemente, em entrevista à Vanity Fair, Garlin se defendeu e afirmou que o que estava acontecendo era apenas uma divergência de opiniões entre ele e a Sony. Nas acusações divulgadas pela VF, fontes afirmaram que o ator era rude e inapropriado, usando um padrão de conduta verbal e física no set que deixava as pessoas desconfortáveis.

‘Os Goldbergs’: Jeff Garlin deixa série após comportamento inapropriado no set. Imagem: Jeff Garlin e Sean Giambrone em The Goldbergs – reprodução/ABC

“Houve uma investigação de RH sobre mim nos últimos três anos. O RH me procurou três anos consecutivos por causa do meu comportamento no set”, confirmou o ator.

“[mas] para ser honesto com você, não há história. E estou dizendo isso com toda a sinceridade, porque é isso que me confunde. Mesmo com a Sony – temos uma diferença de opinião, a Sony e eu. OK. Minha opinião é que tenho meu processo de como sou engraçado, em termos de cena e o que devo fazer. Eles acham que isso cria um espaço de trabalho “inseguro”. Agora, veja bem, minha tolice tornando um espaço de trabalho inseguro – eu não entendo como isso é. E estou em um show de comédia. Sou sempre uma pessoa gentil e atenciosa. Eu cometo erros, com certeza. Mas minha comédia é sobre aliviar a dor das pessoas. Por que eu iria querer causar dor em alguém por uma risada? Isso é intimidação. Isso é simplesmente desnecessário”, explicou Garlin.

O ator também acrescentou que “como comediante, se alguém se ofende com o que digo eu, só posso dizer que sinto muito” e que nunca se aproximou fisicamente de ninguém.

“Lamento dizer que realmente não há grande história. A menos que você queira fazer uma história sobre o politicamente correto.”

O anúncio da demissão de Garlin veio a público na quarta-feira (15). Quando falou com a VF, no início de dezembro, o ator ainda estava participando das gravações da série, mas de forma reduzida. A Sony e a ABC não se pronunciaram sobre a demissão e nem sobre o desfecho que o enredo tomará para explicar a saída do personagem.

‘Os Goldbergs’ está no ar desde 2013 e é um dos seriados de comédia de TV mais famosos nos EUA. Garlin dava vida a um dos papeis centrais da história: marido de Beverly Goldberg (Wendi McLendon-Covey) e pai de Erica Goldberg (Hayley Orrantia), Barry Goldberg (Troy Gentile) e Adam Goldberg (Sean Giambrone) – sendo o Adam Goldberg da vida real o criador da série.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!