Produtos e Reviews

PineNote, um tablet para anotações que roda Linux

24/12/21 14h39
O PineNote é um tablet Linux com tela e-paper feito para anotações com caneta stylus

O PineNote é um tablet Linux com tela e-paper feito para anotações com caneta stylus / Divulgação: Pine64

A Pine64 lançou um pequeno tablet para anotações que roda Linux, o PineNote, que funciona com uma tela e-paper e caneta stylus. A tela é monocromática, afinal estamos falando de um dispositivo feito exclusivamente para anotações.

A Pine64 é uma empresa especializada em criar dispositivos que rodem Linux, e já lançou o smartphone PinePhone Pro. Além disso, a empresa também vende o Pinebook Book Pro, um Chromebook de baixo custo com Linux, feito para pequenas empresas e escolas, o relógio PineTime e a câmera IP PineCube, entre outros dispositivos.

O PineNote só foi lançado na versão para desenvolvedores, assim usuários comuns podem ter problemas, já que muitos recursos podem não funcionar, segundo a própria Pine64. Só como exemplo, a tela e-paper não funcionava quando ele foi lançado, mas essa questão já foi resolvida.

Esse tablet de anotações tem 4 GB de RAM (LPDDR4) e 128 GB de capacidade (em um eMMC). O PineNote roda Linux em um processador Rockchip RK3566, com GPU Mai G52 2EE. A bateria é de 4000 mAh, com carregamento de 15W.

O PineNote é bem fino e leve, com espessura de 7,4 mm e pesando só 438 gramas. Apesar de feito para anotações, o tablet também tem caixa de som e quatro microfones. Ele também tem Wi-Fi, Bluetooth e giroscópio para trocar a orientação da tela.

O PineNote Developer Edition custa US$ 399 (cerca de R$ 2.264 na conversão direta) no site da Pine64.

Leia mais:

PinePhone Pro é um celular rodando Linux da Pine64

Aos 30 anos, o Linux é mais importante do que nunca

PinePhone: smartphone com Linux envia suas primeiras unidades

Fonte: Gigazine

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

Deixe sua opinião
Sugeridos pra você
Tags