O primeiro filme a chegar à marca de US$ 1 bilhão em bilheteria global desde o começo da pandemia é “Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa”.

O Aranha colocou suas teias nessa impressionante marca com uma história eletrizante que inclui diversas surpresas aos fãs do herói amigo da vizinhança.

publicidade

O filme já havia alcançado outros recordes, como o de maior arrecadação do ano no mundo e a de terceira melhor bilheteria numa segunda feira típica. O sucesso é tão grande que até o Casagrande entrou pra festa.

Apesar de não ter sido o mais rápido da história a alcançar os US$ 1 bilhão, o feito é bastante impressionante, principalmente quando se leva em conta o status atual da pandemia, com a variante Ômicron em alta.

O filme a alcançar os US$ 1 bilhão mais rápido foi “Vingadores: Ultimato”, com apenas 5 dias. Mas, depois dele as coisas ficam mais próximas do que tivemos em “Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa”, que alcançou o valor em 12 dias de exibição.

“Vingadores: Guerra Infinita” chegou ao marco em 11 dias e “Star Wars: O Despertar da Força”, nos mesmos 12 dias que o mais novo ‘Miranha’.

Os recordes de “Sem Volta Para Casa” provavelmente ainda não chegaram ao fim. O filme vem dominando as bilheterias natalinas e não mostra sinais de que irá desacelerar tanto nos próximos dias.

Na véspera de Natal, a história que envolve aventuras no multiverso, se tornou o filme da Sony mais rentável quando o assunto é a bilheteria americana, depois de fechar a sexta-feira com US$405,5 milhões em vendas de ingressos nos Estados Unidos. O detentor do recorde anteriormente era “Jumanji: Bem-Vindo à Selva” (US$ 404,5 milhões).

Leia mais!

Quando o assunto é a franquia Homem-Aranha e lançamentos da Sony, apenas outro filme havia alcançado os US$ 1 bilhão em bilheteria global: “Homem-Aranha: Longe de Casa”, que arrecadou US$ 1,1 bi em 2019. É muito provável que “Sem Volta Para Casa” ultrapasse essa marca em breve.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!